Televisão

A conspiração dos espiões para salvar o rei Juan Carlos chega à televisão

“Salvar o Rei” é o novo documentário que desvenda os segredos da queda do rei, dos escândalos e da abdicação do trono.

Monarquia. Há quem a ame, há quem a odeie. Mas enquanto o mundo está distraído com as cerimónias fúnebres e a agitação da Casa Real britânica após a morte de Isabel II, um documentário promete abalar as fundações de outra família real, a espanhola.

Esta sexta-feira, 9 de setembro, foi dia de estreia na HBO de “Salvar o Rei”, um novo documentário que promete revelar alguns dos segredos mais chocantes do antigo rei Juan Carlos. Uma controvérsia que envolveu amantes, escutas dos serviços secretos e resultou na abdicação do trono em 2014.

Segundo o documentário, que cita diversos documentos e gravações detidas pelos Serviços Secretos de Espanha, a organização terá, durante vários anos, tentado proteger o rei dos seus escândalos. Temia-se que a sua queda pudesse também significar o fim da monarquia espanhola.

No trailer da minissérie de três episódios, fala-se de tudo o que terá envolvido a investigação secreta ao rei que terá durado cinco décadas. Debate-se até o possível envolvimento do rei na tentativa de golpe de estado da extrema-direita, no famoso 23 de fevereiro de 1981. “Todos os poderes do Estado se juntaram porque entendiam que se caía a monarquia, caía tudo o resto. Salvar o rei significava salvar a democracia”, ouve-se no trailer.

Alguns dos maiores segredos do rei terão sido descobertos a partir de escutas que acompanharam a par e passo Juan Carlos durante sete anos. O objetivo passava por conhecer todos os potenciais podres do monarca para que, dessa forma, fosse possível protegê-lo de potenciais escândalos.

A participação das secretas terá sido ativa, ao ponto de serem os agentes a organizarem os encontros privados com as suas amantes. Uma delas, a célebre Bárbara Rey, acusada de chantagear o rei, terá mesmo recebido dinheiro público para manter o silêncio.

Rey tinha em seu poder gravações de Juan Carlos, que nos momentos mais íntimos acabava por revelar segredos de Estado, que colocavam em causa a segurança de Espanha, bem como de assuntos íntimos da família real. Serão algumas dessas gravações inéditas que serão reveladas no trabalho dirigido pelo jornalista Santiago Acosta.

Carregue na galeria para conhecer as outras grandes estreias de setembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT