Televisão

Cristina Ferreira: “Recebi mensagens de pessoas que tiraram folga para ver o programa”

“Dia de Cristina” estreou esta quarta-feira, 23 de março. Teve um cenário diferente e muitos convidados numa autêntica maratona de sete horas.
"Dia de Cristina" estreou esta quarta-feira.

Sete horas. Cristina Ferreira esteve sete horas em direto, de manhã e à tarde, nesta quarta-feira, 23 de setembro, na estreia de “Dia de Cristina”, na TVI. “Foi das vezes em que estive menos nervosa. Claro que aquele momento em que desces as escadas, sabes que tens a Mariza a cantar uma canção que te é muito particular, há aquele friozinho”, contou a apresentadora aos jornalistas após o programa, nos estúdios da Plural Entertainment.

“Foi engraçado porque o Ben estava lá atrás comigo e começou-se a emocionar e a ficar com pele de galinha quando a Mariza começou a cantar, mas depois ficámos os dois a dançar e a descontrair. São sete horas, é uma maratona televisiva, num registo que é sempre diferente. Nós passamos de uma conversa muito animada para uma história um bocadinho mais difícil de digerir, mas isso também é a minha cabeça e são esses os alinhamentos que gosto de fazer, gosto de mostrar várias realidades”, disse ainda a nova diretora de Entretenimento e Ficção do canal, cargo que agora ocupa e que lhe tira tempo para estar em frente às câmaras.

“Dia de Cristina” não tem regularidade definida. Sem revelar o dia, Cristina Ferreira já confirmou que para a semana vai haver um programa, e deixou indícios de que terá a tendência para ser semanal, mas sem certezas. “Imagine que há dois por semana, ou uma semana em que ele não aparece? Essa será sempre a surpresa. Queremos manter essa marca de ‘será que hoje é ‘Dia de Cristina’? Vamos lá ver se ela está.’ Para já é este o formato que queremos.”

De manhã, Cristina Ferreira falou com Joana Barrios — companhia habitual em “O Programa da Cristina”, na SIC —, reencontrou-se com Cláudio Ramos e recebeu o elenco juvenil da novela “Amar Demais”. Durante a tarde, acolheu Ruben Rua e Helena Coelho, que vão apresentar um novo programa na TVI chamado “Viva a Vida”, além de Iva Domingues e de Jorge Jesus. 

“Dia de Cristina” liderou as audiências em Portugal durante o período da manhã, mas perdeu à tarde para “Júlia”, o programa de Júlia Pinheiro, que esteve à frente durante toda a emissão. Ainda assim, a TVI acabou por ficar a ganhar nos resultados totais do dia desta quarta-feira.

Venceu as audiências de manhã, mas perdeu à tarde.

Seria natural que, no primeiro “Dia de Cristina”, o público estivesse curioso para assistir ao novo programa de Cristina Ferreira, produzido por uma equipa nova, e que as audiências fossem altas. Nas redes sociais, os espectadores não mostraram apreciar, contudo, o novo cenário do programa.

Cristina Ferreira assumiu que esta quarta-feira funcionou quase como se estivessem a “ensaiar em direto”. “Deixámos no sítio certo as coisas maiores e agora vamos afinando aquilo que nós queremos para este cenário, que impõe respeito e que nos impõe aqui uma ginástica que não existia até agora. A luz foi o nosso principal problema no dia de hoje. Porque um cenário deste tamanho impõe um registo de quase prime-time, não é normal num programa da manhã nem da tarde. Mas na totalidade ficámos muito felizes, esta é a minha forma de fazer televisão, acho que não mudou, acho que se percebeu que aquilo que trato no programa é o mesmo que fazia e faço há muitos anos. Agora, todos os dias são dias diferentes. O próximo não será em nada semelhante àquilo que foi hoje e esse é o principal desafio no ‘Dia de Cristina’.”

Em relação ao cenário, a apresentadora diz que o objetivo era que “as pessoas sentissem que isto era diferente”. “Eu sabia que isto ia provocar, até a nós, equipa, nós sabíamos que nos íamos ter de adaptar. Nós sabemos que este é o futuro. Eu tive um projeto muito marcante, que tinha sido uma ideia minha, a ideia de casa, que foi muito disruptiva na altura, nunca se tinha feito nada disto em televisão, mas aquilo que senti foi que em determinada altura toda a televisão em Portugal estava um bocadinho neste conceito, daquilo que era o ambiente doméstico. E se quero uma televisão do futuro quero uma televisão com aquilo que começa a ser tendência também a nível internacional e os grandes cenários, como este que temos aqui, são a grande tendência. Mas é evidente que vamos precisar que as pessoas se adaptem. Eu passo de uma cama, de um quarto, de uma sala, para este ambiente. Mas acho que amanhã vão sentir um bocadinho: o que é que nós vimos ontem? E o que é a televisão hoje? Era isso que eu queria fazer. Queria provocar isso mesmo. Eu vi hoje um bocadinho da Ellen e se ela visse este cenário dizia que ‘temos que mudar o nosso porque isto está ultrapassado’ [risos].”

Cristina Ferreira é agora diretora de Entretenimento e Ficção e acionista da Media Capital.

Nesta quarta-feira foi entregue um prémio especialmente elevado ao público, no valor de 150 mil euros, a uma espectadora chamada Cristina Vieira. “Acho que ninguém teve noção do que foi receber 150 mil euros. Nem nos grandes formatos da noite os participantes recebem prémios deste montante. Há muitos anos que não se dava um valor destes em televisão. Eu quis mesmo que essa diferença fosse hoje assinalada. O ‘Dia de Cristina’ vai ser sempre de alguma forma generoso na forma como vai presentear quem nos vê, mas hoje foi o prémio maior e vai ficar na história como o maior prémio que se deu no day-time em Portugal.”

Em relação a 2021 e à hipótese de apresentar novos programas, Cristina Ferreira apenas disse: “Eu planeio voltar com tudo aquilo que me der prazer e paixão na televisão em Portugal. Estou muito preocupada com tudo aquilo que há para fazer além do meu formato. Foi isto que ambicionei e ainda bem que chegou este momento, estou muito feliz com os resultados e a forma como já se mostra sinais de que os olhares começam a vir espreitar o que se está a fazer.”

Além disso, a apresentadora finalmente explicou o detalhe no título do formato de usar o “de” em vez de “da”. Se antes apresentava “O Programa da Cristina”, agora ficou “Dia de Cristina”. “Dá um ar assim de feriado nacional, não dá? E hoje recebi tantas mensagens de pessoas que disseram que tiraram folga de propósito para ver o programa. Tornar isto um acontecimento a nível televisivo é o que se pretende.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT