Televisão

Emmys 2018: os vencedores e um pedido de casamento em palco

Donald Glover esteve na cerimónia sem quase ninguém perceber, mas não levou um prémio para casa. Matthew Rhys venceu — finalmente — um prémio.

Parabéns ao casalinho.

Já se sabe que nas cerimónias de entrega de prémios, seja para a televisão ou para o cinema, tudo pode acontecer. Há quem troque o nome do maior vencedor da noite — ainda ninguém se esqueceu, Warren Beatty — e atrizes que caem quando estão a subir ao palco. No entanto, nos 70 anos de história dos Emmys, nunca tinha havido um pedido de casamento em palco.

Quando Glenn Weiss, o realizador da 90.ª cerimónia de entrega dos Óscares da Academia, subiu ao palco para receber o Emmy na categoria de Melhor Realizador de Emissão Especial, o norte-americano chamou Jan Svendsen, com quem namora há mais de uma década, para o acompanhar no seu discurso. Assim que Svendsen chegou ao palco, o realizador começou a falar da mãe, que morreu duas semanas antes da cerimónia.

“A minha mãe acreditava que devemos encontrar o nosso raio de sol e ela adorava a Jan”, disse Weiss. “Jan, tu és o raio de sol da minha vida, e a minha mãe tinha razão quando dizia para nunca largarmos o nosso raio de sol. Sabes porque é que nunca digo que és minha namorada? Porque quero que sejas minha mulher.”

O momento foi registado em direto e foi, talvez, o mais marcante de toda a cerimónia. Isto se não contarmos com o facto de estar um homem misterioso — e muito estranho — na plateia. O misterioso convidado apareceu várias vezes no ecrã ao longo da cerimónia e os mais atentos perceberam logo de quem se tratava: Teddy Perkins, a personagem de Donald Glover (Childish Gambino) em “Atlanta“.

O ator e músico estava nomeado para o Emmy de Melhor Ator em Série de Comédia, mas o prémio acabou por ser entregue a Bill Hader, pelo desempenho em “Barry“. Na categoria de comédia, “The Marvelous Mrs. Maisel” foi o grande vencedor da noite, tendo arrecadado cinco prémios: Melhor Série, Melhor Atriz para Rachel Brosnahan, Melhor Atriz Secundária para Alex Borstein — que aproveitou para despir a parte de cima do vestido a caminho do palco — e melhor realização e guião para Amy Sherman-Palladino

A Guerra dos Tronos” venceu, novamente, o prémio para Melhor Série Dramática pela sua sétima e penúltima temporada e Peter Dinklage (Tyrion Lannister), levou consigo o Emmy de Melhor Ator Secundário. Este ano, “This is Us” ficou-se apenas pelas nomeações, sendo que o prémio de melhor ator foi — finalmente — entregue a Matthew Rhys pelo seu papel de Philip Jennings em “The Americans“.

The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story” foi também um dos grandes vencedores da noite. A série, transmitida em Portugal pela Fox Life desde janeiro, venceu nas categorias de Melhor Minissérie, Melhor realizador de mini-série ou telefilme, Melhor guião de mini-série ou telefilme e Melhor Ator.

Confira a lista completa dos vencedores.

Comédia

Melhor Série
“The Marvelous Mrs. Maisel”

Melhor Atriz
Rachel Brosnahan, “The Marvelous Mrs. Maisel”

Melhor Ator
Bill Hader, “Barry”

Melhor Atriz Secundária
Alex Borstein, “The Marvelous Mrs. Maisel”

Melhor Ator Secundário
Henry Winkler, “Barry”

Melhor realizador
Amy Sherman-Palladino, “The Marvelous Mrs. Maisel” — “Pilot”

Melhor guião
Amy Sherman-Palladino, “The Marvelous Mrs. Maisel” — “Pilot”

Drama

Melhor Série
“A Guerra dos Tronos”

Melhor Ator 
Matthew Rhys, “The Americans”

Melhor Atriz
Claire Foy, “The Crown”

Melhor Ator Secundário
Peter Dinklage, “A Guerra dos Tronos”

Melhor Atriz Secundária 
Thandie Newton, “Westworld”

Melhor realizador
Stephen Daldry, “The Crown” — “Paterfamilias”

Melhor guião
Joel Fields and Joe Weisberg, “The Americans” — “Start”

Minisséries, telefilmes e programas especiais

Melhor Minissérie
“The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”

Melhor realizador de mini-série ou telefilme
Ryan Murphy, “The Assassination Of Gianni Versace: American Crime Story” — “The Man Who Would Be Vogue”

Melhor guião de mini-série ou telefilme
William Bridges and Charlie Brooker, “Black Mirror” — “USS Callister”

Melhor Ator 
Darren Criss, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”

Melhor Atriz 
Regina King, “Seven Seconds”

Melhor Ator Secundário
Jeff Daniels, “Godless”

Melhor Atriz Secundária 
Merritt Wever, “Godless”

Melhor Série de Sketch
“Saturday Night Live”

Melhor reality-show
“RuPaul’s Drag Race”

Melhor telefilme
“Black Mirror: USS Callister” (Netflix)

Melhor realizador de programa de entretenimento
Don Roy King, “Saturday Night Live” (Apresentador: Donald Glover)

Melhor programa de entretenimento
“Last Week Tonight With John Oliver” (HBO)

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT