Televisão

Há uma nova série na Netflix que já bateu o recorde de audiência de “La Casa de Papel”

Mais de 55 milhões de subscritores da Netflix viram  “Quem Matou Sara?”  desde a sua estreia. Um número que coloca a série mexicana no primeiro lugar dos conteúdos de língua não inglesa mais vistos de sempre da plataforma de streaming, avança o “Deadline”. 

Estes resultados, que de acordo com o site noticioso, constam do relatório disponibilizado pela Netflix aos seus investidores, constituem um novo recorde de audiências e também um marco. É que, desta forma, a série mexicana ultrapassa “La Casa de Papel” no ranking dos conteúdos mais vistos de sempre.

“Quem Matou Sara?” estreou na plataforma de streaming a 24 de março e desde os últimos dias que ocupa o primeiro lugar no ranking das tendências.

É um thriller dramático cheio de ação — que se desenrola ao longo de dez episódios de cerca de 40 minutos — que se centra, como o próprio título indica, numa morte misteriosa. O protagonista da história é Alex Guzmán, um homem que foi condenado a 18 anos de prisão pelo envolvimento na morte da irmã, Sara. Só que Alex é inocente — e nós, espectadores, sabemos isso desde o início. 

A narrativa, que inclui vários flashbacks, arranca quando o protagonista sai da prisão e o seu objetivo é apenas um: vingar-se da morte da irmã e daquele que ele acredita que o colocou naquela situação. Essa pessoa é Rodolfo Lazcano, que recentemente se tornou CEO do negócio da sua importante família.

Entre a vingança, o ódio, o sentido de justiça e a frustração (por ter passado tantos anos injustamente na prisão), Alex vai tentar falar com todos aqueles que mantinham relações próximas com Sara antes da sua morte.

O elenco inclui nomes como Manolo CardonaAlejandro NonesXimena LamadridAndres BaidaCarolina MirandaLeo DeluglioIñaki Godoy e Fátima Molina, entre outros.

Criada por José Ignacio Valenzuela, a série já foi renovada pela Netflix para uma segunda temporada. Deverá chegar à plataforma de streaming entre o final de 2021 e o início de 2022.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT