Televisão

A história real do casal de assassinos que inspirou a nova minissérie “Landscapers”

Tem quatro episódios e Olivia Colman é uma das protagonistas. Tudo aconteceu em Inglaterra.
Olivia Colman e David Thewlis são os protagonistas.

Chama-se “Landscapers”, estreou na HBO Portugal a 8 de dezembro e é uma minissérie inspirada numa tenebrosa história real. Olivia Colman e David Thewlis são os protagonistas nesta produção escrita pelo marido de Colman, Ed Sinclair.

Com quatro episódios, acompanha a história de Chris e Susan Edwards. Aparentemente são apenas um casal britânico comum, que se torna o foco de uma investigação quando dois cadáveres são descobertos no jardim de uma casa em Nottingham. Só que o que Chris e Susan fizeram não tem nada de convencional.

As duas pessoas mortas eram Patricia Wycherley, de 63 anos, e William Wycherley, de 85. Eram os pais de Susan Edwards e tinham sido assassinados no final dos anos 90. Foi nessa altura que vizinhos e familiares foram avisados de que o casal se tinha mudado para fora de Inglaterra. Na verdade, estavam enterrados no pátio da casa que habitavam desde 1987.

Os corpos foram encontrados em 2013 — estavam lá há 15 anos. Apesar de muitas pessoas estranharem o comportamento dos Wycherley, que não tinham propriamente idade para se meterem em aventuras, Patricia e William continuavam a trocar correspondência. Eram apenas sinais para fingir que se encontravam vivos.

Chris e Susan Edwards assassinaram os Wycherley, enterraram os corpos e viveram às suas custas. Usaram o dinheiro das suas contas bancárias, usufruíram dos seus benefícios fiscais, abriram contas em seu nome e até venderam a sua casa (onde eles estavam enterrados).

Foram condenados por um júri a uma pena mínima de 25 anos de prisão, embora tenham alegado que não fora um ato premeditado cometido por motivos financeiros. A defesa de Susan Edwards disse que ela estava a dormir em casa dos pais quando acordou com um enorme barulho.

Quando chegou ao quarto dos pais, a mãe tinha assassinado o pai com um tiro após uma discussão. Depois, despoletou-se uma nova discussão entre mãe e filha, que resultou na morte da mãe. Em pânico, Susan e o marido — que alegadamente não tinha passado ali a noite — enterraram os corpos. 

Contudo, o Ministério Público britânico deu como provado o facto de Susan e Chris Edwards terem cometido o duplo homicídio de forma premeditada — nenhum deles estava sequer ali a passar a noite. Depois, viveram 15 anos a encobrir o crime e a viver à custa das suas vítimas.

O mais curioso é que o turbilhão de mentiras se desmoronou com algo muito inofensivo. Em 2012, no ano em que William Wycherley iria celebrar o 100.º aniversário, Susan e Chris Edwards receberam uma carta da Centenarian Society, uma organização que assinala os centenários de cidadãos comuns. 

A Centenarian Society queria marcar um encontro com William Wycherley. Os Edwards sabiam que isso seria impossível e entraram em pânico. Venderam alguns bens, deixaram Inglaterra e mudaram-se para um pequeno apartamento em Lille, em França, onde moraram durante alguns meses sem quaisquer fontes de rendimento.

Desesperado, Chris Edwards ligou à madrasta para lhe pedir dinheiro. Quando ela lhe perguntou porque se tinham mudado, Chris confessou parte da verdade: os Wycherley estavam mortos e enterrados no quintal da sua antiga casa. Foi a madrasta de Chris Edwards que relatou o que tinha ouvido à polícia, o que resultou no início da investigação.

Toda esta história é contada em “Landscapers”, que está prestes a estrear na HBO Portugal. A produção é realizada por Will Sharpe e o elenco inclui ainda Samuel Anderson, Kate O’Flynn, Karl Johnson, Felicity Montagu, Daniel Rigby ou Dipo Ola.

Carregue na galeria para conhecer outras séries de televisão para descobrir neste mês de dezembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT