Televisão

Do hospital ao romance: as mudanças que pode esperar no regresso de “Anatomia de Grey”

Estreia esta quarta-feira à noite, 13 de outubro, na Fox Life. Meredith pode mudar de hospital e há um interesse amoroso de volta.
Meredith Grey vai ter novas aventuras.

Mais de 380 episódios desde a estreia, “Anatomia de Grey” está de volta com a 18.ª temporada. A série regressa à Fox Life esta quarta-feira, 13 de outubro, a partir das 22h20. Desta vez, há várias novidades que prometem fazer a diferença na narrativa.

A história recomeça com um aviso — a partir daqui, a série vai retratar um “mundo fictício pós-pandemia”. Ou seja, já não há Covid-19 em “Anatomia de Grey”, depois de ter sido uma das grandes temáticas da 17.ª temporada. Isso significa, por exemplo, que vamos ver menos máscaras no ecrã, menos procedimentos específicos e já não vai haver comentários sobre a pandemia.

A protagonista do enredo, Meredith Grey, pode estar à beira de uma grande mudança de vida. No primeiro episódio da nova temporada, vai deixar Seattle para viajar até Minnesota. Lá vai encontrar-se com o médico David Hamilton (uma nova personagem interpretada por Peter Gallagher).

O pretexto é que Hamilton vai dedicar uma nova biblioteca ao nome de Ellis Grey, mãe de Meredith e sua antiga amiga. Mas, na verdade, o médico tem outras intenções. Além de mostrar a biblioteca, vai oferecer a Meredith um novo emprego.

Hamilton construiu ainda um centro de investigação, deu-lhe o nome de Grey Center, e agora quer que Meredith fique responsável pelo projeto — ali está-se a estudar a possibilidade de fazer uma cirurgia experimental que possa curar a doença de Parkinson.

A própria atriz Kate Burton, que fez o papel de Ellis até a personagem morrer na terceira temporada, vai voltar a participar na série, segundo avançou a imprensa americana. 

No Grey Sloan Memorial Hospital, os alarmes começam a soar. Webber e Bailey desconfiam que aquela visita de Meredith a Minnesota pode ser exatamente aquilo que acaba por ser — e não se podem dar ao luxo de perderem mais um cirurgião. Por isso, telefonam insistentemente a Meredith.

Outra das novidades é que, durante esta visita, a protagonista volta a cruzar-se com Nick Marsh  (Scott Speedman) — o médico especialista em transplantes cuja vida foi salva por Meredith na 14.ª temporada, e com quem desenvolveu uma enorme química. Pode muito bem ser o novo interesse amoroso da personagem principal de “Anatomia de Grey”.

Outra narrativa neste primeiro episódio está relacionada com a doutora Lin, que pode ganhar um papel mais importante dentro do seu departamento no Grey Sloan Memorial Hospital.

E ainda há um casamento: vários anos depois, Teddy e Owen vão finalmente casar. Só que a cerimónia não acontece propriamente como tinham planeado — e claro que vai acabar por incluir uma emergência médica.

Leia também o artigo da NiT sobre os maiores dramas dos bastidores atribulados de “Anatomia de Grey”. E carregue na galeria se quiser conhecer novas séries (e temporadas) para ver.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT