Televisão

Jon Hamm trabalhou com “especialista em mamilos” para desempenhar vilão de “Fargo”

O protagonista de “Mad Men” desempenha o xerife Roy Tillman que está à procura de Dot (Juno Temple, Keely em “Ted Lasso”).
Jon Hamm surge de mamilos furados em "Fargo"

Na quinta temporada de “Fargo”, Jon Hamm dá vida a um vilão. Incarna um xerife que transforma a vida de Juno Temple num inferno. No entanto, houve algo a destacar-se mais do que a sua maldade. O personagem do protagonista de “Mad Men” usa piercings nos mamilos, tendo revelado que trabalhou com um “especialista na matéria”. Em Portugal l, os novos episódios serão exibidos esta quarta-feira, 29 de novembro, na TVCine Edition.

Numa das primeiras cenas a tornar-se viral, o ator de 52 anos surge numa banheira com os tais piercings no peito bem visíveis. No entanto, num evento em Nova Iorque, com a presença de produtores e membros do elenco, revelou que isto não passava de um truque.

“Tive de colocar látex nos mamilos. Fizeram moldes bastante realistas, que foram furados com piercings. E depois foram aplicados sobre o meu peito”, descreveu à “Variety”. “A equipa não recebeu todo o crédito que merece, mas havia um profissional dedicado a essa tarefa”, acrescentou.

No fundo, o ator usou próteses, no que significa que não sentiu dores nem teve problemas em utilizar aqueles acessórios. “O Noah Hawley [produtor e criador da série] tinha uma noção muito forte de quem era a minha personagem. Concordei e decidi embarcar nesta jornada com ele. Foi divertido”, explicou ao “The Hollywood Reporter”. O produtor descreveu o recurso aos piercings com uma comparação: “Vivemos todos na América do ‘Tiger King’”.

“Fargo” é inspirado no filme homónimo, de 1996, dos irmãos Coen. Com cada temporada a funcionar na lógica de uma antologia, isto tem permitido aos criativos explorar novos períodos e locais com um elenco em grande parte novo em cada temporada até agora.

Nestes novos episódios, a série apresenta um cenário mais contemporâneo, decorrendo em 2019, entre Dakota do Norte e Minnesota. O xerife Roy Tillman (Jon Hamm) está à procura de Dot (Juno Temple, Keely Jones em “Ted Lasso”). Rancheiro e religioso, este homem acredita que é a lei e, portanto, que está acima dela. Este tem a ajuda do leal filho, Gator (Joe Keery, Steve Harrington em “Stranger Things”). Apesar de ser irresponsável, está desesperado para provar o seu valor ao pai. Tillman conta ainda com a ajuda de Ole Munch (Sam Spruell), um sem-abrigo sombrio com uma origem misteriosa, para caçar Dot.

A mulher que tenta fugir da lei observa os seus segredos mais profundos a serem desvendados, enquanto tenta proteger a família disfuncional, nomeadamente o amoroso e bem-intencionado marido, Wayne (David Rysdahl), que tem uma ligação “demasiado” forte com a mãe, Lorraine Lyon (Jennifer Jason Leigh, “Os Oito Odiados”)

Além dos atores acima mencionados, o elenco conta ainda com Dave Foley, Richa Moorjani e Lamorne Morris. O primeiro episódio conta com realização e argumento da autoria de Noah Hawley.

Os episódios, que estão disponíveis na Prime Video, foram descritos como um regresso à qualidade das primeiras temporadas, ainda que, às vezes, a mistura de elementos e estilos seja demasiada.

“A comédia negra de Dot e dos sogros não combina com as cenas de Hamm, que parecem saídas de “Yellowstone”. Hawley apresenta um assassino ao estilo “No Country For Old Men”, um pouco de política trumpiana, uma viagem no tempo para “País de Gales, Reino da Inglaterra, 1522” e “Smack My Bitch Up” de The Prodigy. Isto apenas nos primeiros quatro episódios. Contudo, no geral, isto representa um regresso à boa forma de Fargo”, escreve Anita Singh do “Telegraph”.

Carregue na galeria para conhecer todas as séries que chegaram à televisão e às plataformas de streaming em novembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT