Televisão

Kim Cattrall explica porque não participou na nova série de “O Sexo e a Cidade”

A atriz quebrou o silêncio sobre se ter distanciado da saga. E diz que nem foi convidada para este projeto específico.
Kim Cattrall participa na série original e nos dois filmes.

Quando “And Just Like That…”, a mais recente série do universo de “O Sexo e a Cidade”, estreou na HBO em dezembro do ano passado, uma das notícias logo avançadas foi que Kim Cattrall não iria regressar para interpretar a sua personagem icónica, Samantha.

As conhecidas tensões entre Kim Cattrall e as outras atrizes protagonistas — nomeadamente Sarah Jessica Parker, que interpreta Carrie Bradshaw — foram logo o motivo apontado para este distanciamento. Agora, em entrevista à “Variety”, a atriz finalmente quebrou o silêncio sobre o assunto.

Kim Cattrall reafirmou que nunca voltará a ser Samantha, seja na televisão ou no cinema. E explica que a ideia da série era, basicamente, o argumento do terceiro filme — que nunca chegou a avançar porque a atriz recusou-se a participar.

“A série é, basicamente, o terceiro filme. É o quão criativo é. Nunca me convidaram para fazer parte desta nova série. Deixei claras as minhas intenções depois do possível terceiro filme, por isso, soube dela como todos os outros — através das redes sociais”, contou à “Variety”.

A ideia era que Samantha se visse envolvida numa narrativa “de partir o coração” que incluía a personagem a receber “fotos de pénis” indesejadas do filho de Miranda, Brady, que apenas tinha 14 anos na altura. Em “And Just Like That…”, Brady está a finalizar o ensino secundário.

A atriz não gostou especialmente deste pormenor do enredo. “Porque é que a Samantha, que tem a sua própria empresa de relações públicas — se calhar, teve de a vender por causa de problemas financeiros? 2008 foi duro”, especulou Kim Cattrall sobre uma linha narrativa diferente para Samantha. “Algumas pessoas ainda estão a recuperar, teve de a vender a um tipo qualquer que usa um hoodie, e é o dilema com que está. Pensei que seria uma boa ideia, que foi sugerida por um dos meus representantes. Isso é um conflito. Em vez de um rapaz menor…”

Kim Cattrall acrescentou ainda que “é muito sábio perceber quando já se tornou suficiente”. “E também não quis comprometer aquilo que a série foi para mim. O caminho que devia seguir ficou claro. Tudo me dizia ‘já chega’. E não podes ir contra esse sentimento. Nunca mais quero estar num set de gravações em que não queira lá estar.”

A atriz revela que não viu “And Just Like That…” e mostra-se algo desiludida com o facto de este universo continuar a ser explorado. “Tudo tem de crescer, ou morre. Senti que, quando a série acabou, era a decisão sensata. Não nos estávamos a repetir. E depois vem um filme para concluir todas as pontas soltas. E, de seguida, mais um filme. E depois ainda mais um filme?” E acrescenta: “acho que a série original é incrível, mas foi produzida num tempo diferente”.

Leia o artigo da NiT que relata as divergências que existiram entre Kim Cattrall e as colegas de elenco.

Carregue na galeria para conhecer séries novas que pode ver nas plataformas de streaming ou televisão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT