Televisão

Leonardo Pereira: “Gravar o primeiro episódio foi doloroso”

O chef, que já passou pelo melhor restaurante do mundo, o dinamarquês Noma, apresenta o novo programa de culinária do 24Kitchen mas não tinha experiência em televisão. “Chef de Raiz” estreia esta quinta-feira, 17 de novembro.

Estava em Edimburgo quando recebeu uma mensagem dos responsáveis do canal 24Kitchen. Queriam que ele fizesse uma audição para apresentar um novo programa de culinária. Leonardo Pereira não esperou mais e foi logo ali, no restaurante de uns amigos, o Edinburgh Food Studio, que improvisou um vídeo caseiro.

“Acho que foi uma salada ou qualquer coisa do género”, explica à NiT. A espontaneidade resultou e pouco depois era o nome escolhido, apesar do próprio nunca ter imaginado envolver-se num projeto de televisão “antes dos 40 ou 50 anos”.

“Chef de Raiz” estreia esta quinta-feira, 17 de novembro, e depois tem episódios de segunda a sexta-feira, sempre às 21 horas. Os 44 capítulos da primeira temporada foram gravados em tempo record, um mês.

O programa acontece inteiramente ao ar livre, com receitas simples e produtos da terra. Cada episódio tem três pratos e há sempre um tema, como churrascos para amigos, marmitas ou opções sem glúten.

“Gravar o primeiro episódio foi doloroso”, admite Leonardo Pereira. Tudo porque o chef não tinha qualquer experiência a falar para uma câmara. “Temos de imaginar que estão ali pessoas, há um ritmo muito próprio.”

O facto de tudo ter acontecido em agosto, debaixo de sol e um calor intenso, também não ajudou. Numa quinta perto de Sintra, a equipa reunia-se por volta das 8h, uma hora depois estavam a gravar e terminavam o dia às 17h ou 18h.

Por serem pratos simples e rápidos, o chef de 31 anos não testava as receitas antes. O improviso nem sempre correu bem. “Houve três ou quatro que não me deixaram contente mas acabava sempre por desenrascar.”

Leonardo Pereira passou por aquele que já foi considerado o melhor restaurante do mundo, o Noma, em Copenhaga, e pelo hotel Areias do Seixo. Agora é consultor de um hotel na ilha do Príncipe e viaja pela Europa a fazer jantares e eventos. Em 2017, em maio ou junho, prevê abrir um restaurante no Porto.

“Será uma coisa acessível. Não me vejo a fazer menus de cento e tal euros”, garante.

Até lá, e para apresentar alguns dos pratos de “Chef de Raiz”, Leonardo Pereira reuniu um grupo de jornalistas no espaço A Sociedade, em Lisboa, onde cozinhou para todos. Houve ostras grelhadas com salicórnia, feijão branco, limão e parmesão e banoffee em frasco. A mistura de sabores e texturas ficou aprovada e mostrou que Leonardo Pereira é despretensioso e inovador na forma como cozinha. As receitas, essas, são para descobrir no 24 Kitchen.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT