Televisão

“Lusitânia”: a nova série da RTP que vai levar várias lendas portuguesas à televisão

A produção terá seis episódios, cada um com uma história e atores diferentes.
Nuno Soler assina o argumento. Foto: @janeko.

Entre o final de 2022 e o início de 2023, vai estrear na RTP uma série de televisão antológica que vai adaptar “lendas originárias do norte de Portugal” e nos mostra um País sobrenatural e supersticioso. “Lusitânia” terá seis episódios, cada um com uma história distinta e atores diferentes, em registos televisivos distintos, adiantou o argumentista Nuno Soler ao jornal “Público”. Os espectadores podem esperar histórias épicas, de terror, suspense e comédia.

Para tornar a sua linguagem “mais acessível e imersiva”, os contos foram modernizados e retratados à luz “da sensibilidade de hoje em dia”, com maior “representatividade”, explicou o autor. Não faltam personagens negras e LGBTQIA+, nem mulheres nos papéis principais, o que não se verifica nas tramas originais, que vão “desde os tempos dos celtas até ao século XVIII”. 

Igor Regalla, Catarina Wallenstein, Maria João Pinho, Pedro Laginha, Allex Miranda, João Pedro Vaz, João Vicente, Madalena Aragão e Miguel Loureiro são alguns dos nomes que participam nesta produção, resultado de uma parceria entre a produtora Take It Easy Film e a RTP. 

À mesma publicação, o diretor de programas do canal, José Fragoso, frisou que este é “um tipo de projeto que a RTP não tem feito”. E acrescentou: “Na área da fantasia, julgo que será o primeiro em que estamos a apostar em alguns anos.”

José Fragoso destacou ainda que foi o potencial de internacionalização que levou a estação a tornar-se co-produtora. “A maior parte das nossas coproduções recentes tem sido capaz de escalar a fronteira e ser vista no estrangeiro. E este tipo de ficção pode ir para qualquer país”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT