Televisão

Mais de 200 famosos assinam petição para acabar com as touradas na RTP

Catarina Martins, Sara Sampaio e Nuno Markl são alguns dos signatários da carta enviada ao governo.
O eterno debate está de volta

A diversidade do grupo de signatários da carta que pede o fim da transmissão das touradas pela RTP é reafirmada no primeiro parágrafo do documento.

“Somos um grupo de actrizes, actores, escritoras/es, jornalistas, músicas/os, coreógrafas/os, cantoras/es, bailarinas/os, cientistas, artistas plásticas/os e gráficas/os, apresentadoras/es de televisão, radialistas, locutoras/es, modelos, políticas/os, humoristas, fotógrafas/os, empresárias/os no âmbito da cultura e investigadores que se junta agora à ONG ANIMAL e a milhares de cidadãs/os e Associações que já enviaram o seu contributo para a Consulta Pública da proposta de revisão do Contrato de Concessão do Serviço Público de Rádio e de Televisão entre o Estado e a RTP.”

São um total de 240 figuras públicas que aceitaram anexar o seu nome ao pedido tornado público esta segunda-feira, 31 de maio, que exige uma “televisão pública livre da transmissão de espetáculos que se baseiam na violência contra animais”. Nessa lista estão artistas como Eunice Muñoz e Paulo de Carvalho, mas também políticos como Catarina Martins e Inês Sousa Real ou até a modelo Sara Sampaio.

O fim da transmissão de espetáculos da tauromaquia está na ordem do dia, já que esta carta foi divulgada poucos dias depois de outro documento, onde 125 figuras conhecidas deram o seu nome a um documento que se manifestava contra a proibição da transmissão de touradas. Essa lista inclui, entre outros, Manuel Alegre, Gabriela Canavilhas, Fernando Negrão, Carlos César ou Telmo Correia.

Os pedidos públicos surgem menos de um mês depois de a RTP ter publicamente admitido que não estariam previstas transmissões de touradas na RTP nos próximos tempos. No ano passado, apenas uma tourada foi exibida na televisão pública.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT