Televisão

“Masters of the Air”: série produzida por Steven Spielberg bate recordes na Apple TV+

A obra baseada na II Guerra Mundial conta com nomes como Callum Turner, Barry Keoghan e Anthony Boyle no elenco.
Está a ser um sucesso.

Sem surpresa, “Masters of the Air” já se tornou no maior sucesso da Apple TV+. No fim de semana de estreia, entre 26 e 28 de janeiro, teve mais audiência do que qualquer outra produção da plataforma de streaming — e, na altura, estavam disponíveis apenas dois episódios.

A informação foi revelada esta terça-feira, 20 de fevereiro, pela revista “Variety”, citando fontes da obra. Não revelaram, contudo, os números específicos de espectadores nem horas de visualização. Sabemos, porém, que ultrapassou séries como “The Morning Show” e “Hijack”.

A publicação adianta que, com a estreia, a audiência e acessos ao serviço aumentou em 65 por cento quando comparando com os sete dias anteriores ao lançamento do primeiro capítulo.

A narrativa da produção (que começou a ser desenvolvida em 2019) desenrola-se durante a Segunda Guerra Mundial e acompanha membros da Força Aérea dos Estados Unidos que lutam contra a Alemanha Nazi.

Cada um dos nove episódios, lançados semanalmente, mostra como os “aviadores arriscavam as suas vidas” em tempo de guerra, enquanto enfatiza o núcleo emocional da “irmandade” que resulta destas experiências, pode ler-se na sinopse oficial.

O argumento é baseado no livro do historiador Donald L. Miller, de 2007, “Masters of the Air: America’s Bomber Boys”. O bestseller foca-se na história do 100.º Grupo de Bombardeiros da Força Aérea dos EUA e inclui entrevistas com os membros sobreviventes da unidade, entre outros registos históricos.

“Masters of the Air” é uma série produzida por Steven Spielberg, Tom Hanks e Gary Goetzman, que já tinham explorado a temática da Segunda Guerra Mundial, em “Band of Brothers” e “The Pacific”. No elenco conta com nomes como Callum Turner, Barry Keoghan, Anthony Boyle, entre outros.

Carregue na galeria para conhecer as séries (e regressos) que chegaram em fevereiro às plataformas de streaming e à televisão.

 

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT