Televisão

Metallica reagem à cena épica de “Stranger Things”: “Ficámos impressionados”

O clássico “Master of Puppets” foi usado num dos momentos mais importantes do final da quarta temporada.
É mais uma onda do efeito "Stranger Things"

Depois do “Running Up That Hill” renascer das cinzas graças à criteriosa escolha de banda-sonora dos irmãos Duffer, foi a vez do famoso “Master of Puppets” dos Metallica sentir o efeito “Stranger Things”. Cinco dias depois do lançamento do Volume 2 da quarta temporada, são os próprios criadores do tema a manifestarem a sua satisfação.

“A forma como os irmãos Duffer incorporam a música na série foi sempre de alto nível, por isso ficámos excitadíssimos por sabermos que não só iriam incluir a ‘Master of Puppets’ como ela seria parte central de uma cena importante”, explicou a banda em comunicado.

A música, lançada originalmente em 1986, é tocada por Eddie (Joseph Quinn) no Upside Down, como forma de atrair a atenção dos bizarros morcegos controlados por Vecna e permitir que o resto do grupo possa avançar com o ambicioso plano. Em cima de um atrelado e com o volume no máximo, a personagem usa a sua guitarra para dar uma lição de rock com os riffs poderosos de um dos maiores sucessos dos Metallica.

A banda de James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett e Robert Trujillo revela ter ficado impressionada, sobretudo pela “incrível honra de fazer parte da jornada do Eddie”. “Estávamos todos em pulgas por ver o resultado final e quando vimos, ficámos impressionados.”

“Está tudo tão extremamente bem feito que muita gente conseguiu adivinhar que música iria tocar, apenas ao ver um par de segundos das mãos do Joseph Quinn no trailer. Quão doido é isso?”, referiram, antes de sublinharem a honra que é poderem “fazer companhia a todos os outros incríveis artistas cujos temas aparecem na série.”

A banda, que vai atuar no NOS Alive a 8 de julho, viu o streaming do tema explodir nos últimos dias. De acordo com a Spotify, os plays no tema sofreram um aumento de 237 por cento.

Relativamente ao tema, apesar de o ator Joseph Quinn saber realmente tocar guitarra, não foi ele quem interpretou a versão exibida na série. “Tínhamos a guitarra a tocar no fundo e eu tocava ao mesmo tempo. Não queria estragar o que já estava feito, mas foi muito útil, ao nível da cena, poder tocar ao mesmo tempo. É uma fantasia de adolescente, poder ser uma estrela rock, não é?”, explicou. “Senti-me uma por uma noite.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT