Televisão

Morreu Benji Gregory, o miúdo de “Alf, Uma Coisa do Outro Mundo”

O ator de 46 anos foi encontrado morto com o cão de assistência num parque de estacionamento, no estado americano do Arizona.
Tinha 46 anos.

Benji Gregory, o Brian Tanner da série “Alf, Uma Coisa do Outro Mundo”, foi encontrado morto a 13 de junho. A notícia foi confirmada pela irmã, Rebecca Pfaffinger, numa publicação na rede social Facebook. A causa da morte ainda não é conhecida.

Gregory e o cão de assistência, Hans, foram encontrados mortos no carro, num parque de estacionamento em Peoria, no Estado norte-americano do Arizona. A família acredita que o ex-ator adormeceu e que morreu devido a um golpe de calor.

A série “Alf, Uma Coisa do Outro Mundo” deu a conhecer, durante quatro temporadas, a dinâmica de uma família suburbana que vê a rotina virado do avesso quando um extraterrestre, que fala e tem orelhas pontiagudas, do planeta Melmac, pousa na sua garagem. Os Tanner adotam o alien e chamam-lhe de ALF, abreviação de Alien Life Form. Brian e ALF tornam-se melhores amigos.

A sitcom tornou-se num clássico instantâneo, sobretudo graças ao peludo e atarracado extraterrestre com nariz de croissant. Por cá, esperámos um par de anos até que “Alf” chegasse à televisão. Mas quando isso aconteceu, toda uma geração ficou agarrada. A série chegou ao streaming em 2022, mas o encanto não foi o mesmo. Aproveite para ler a crítica da NiT a “Alf, Uma Coisa do Outro Mundo”.

Além da famosa série dos anos 1980, Gregory participou nas produções para televisão “The A-Team,” “Punky Brewster” e “Amazing Stories”. No cinema, fez parte dos elencos de “Jumpin’ Jack Flash” e “Once Upon a Forest”. Em 2004, terminou a carreira como ator e juntou-se à Marinha.

Gregory sofria de depressão e de doença bipolar. Segundo relatos próximos, estaria a receber tratamento para ambas as condições.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT