Televisão

Morreu Larry King. Apresentador de 87 anos não resistiu à Covid-19

A notícia foi avançada este sábado, 23 de janeiro, pela CNN.

Era uma figura lendária da rádio e da televisão americana. Com 87 anos de idade, Larry King estava internado há cerca de um mês com Covid-19. Não resistiu às complicações provocadas pela doença e morreu este sábado, 23 de janeiro.

A notícia foi avançada pela “CNN”, a cadeia televisiva para a qual trabalhou durante décadas. De acordo com a notícia, a morte foi confirmada pelo filho do apresentador que se encontrava hospitalizado num hospital de Los Angeles.  Além de estar infetado com Covid-19, o apresentador tinha diabetes tipo 2. 

Ao longo dos anos, Larry King superou vários problemas graves de saúde, incluindo um cancro do pulmão e um cancro da próstata. Em 1987 sobreviveu a um ataque cardíaco e, em 2019, a um derrame cerebral que o deixou em coma durante semanas.

“É com profundo pesar que a Ora Media anuncia a morte do nosso co-fundador, apresentador e amigo Larry King, que morreu nesta manhã aos 87 anos no Centro Médico Cedros Sinai de Los Angeles”, refere um comunicado divulgado pela “CNN”.

Ao longo de 63 anos de carreira, Larry King realizou milhares de entrevistas e recebeu vários prémios pelo seu trabalho.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT