Televisão

Netflix processa artistas que lançaram um álbum inspirado em “Bridgerton”

A dupla venceu um Grammy graças a este projeto não autorizado. Agora, a plataforma acusa os autores de violação de propriedade intelectual.
Tentaram negociar uma licença, mas a dupla recusou.

A 4 de abril de 2022 a dupla de Emily Bear e Abigail Barlow ganhou o Grammy de Melhor Álbum Musical, após o sucesso de “The Unofficial Bridgerton Musical”, que se tornou viral no TikTok. Como o nome indica, é um projeto não autorizado pela Netflix, por isso a plataforma de streaming decidiu agora processar as artistas devido à “violação visível” da propriedade intelectual da empresa.

O processo foi colocado na passada sexta-feira, 29 de julho, e afirma que ambas “apropriaram o trabalho criativo de outros para benefício próprio”. Quando lançaram o álbum, a 10 de setembro de 2021, a Netflix disse que não se colocaria à frente de alguém que estava a apoiar a série. Mas afirmam que a dupla foi longe demais, usurpando o trabalho de outros e recusando-se a negociar uma licença para que também possam expandir os seus projetos relacionado com “Bridgerton”.

“‘Bridgerton’ reflete o trabalho criativo e o sucesso merecido de centenas de artistas e funcionários da Netflix. Os direitos de criação de músicas, musicais, ou outros trabalhos baseados em ‘Bridgerton’ pertencem à Netflix. Barlow & Bear [o nome da dupla] não podem tirar esses direitos que começaram a ser valorizados graças ao trabalho dos outros”, lê-se no processo, segundo o “Buzzfeed”.

Emily e Abigail prepararam uma atuação ao vivo do álbum com estrelas da Broadway e membros da National Symphone Orchestra, afirmando que estavam a usar a série com permissão. Mas a plataforma de streaming discorda: “Este evento não é apoiado ou patrocinado pela Netflix ou parceiros.”

“O que começou como uma homenagem nas redes sociais por parte de Barlow & Bear transformou-se num roubo da propriedade intelectual de outros, apenas para benefício financeiro da dupla”, diz, desta vez, Shonda Rhimes, a produtora executiva da série.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT