Televisão

A nova minissérie de Stephen King já estreou e é um thriller com elenco de luxo

“Lisey’s Story” foi adaptada pelo escritor e está disponível a partir desta sexta-feira na Apple TV+. Ao todo, são oito episódios.
Julianne Moore e Clive Owen são os protagonistas.

Stephen King é um dos mais prolíficos escritores americanos — e grande parte da sua extensa obra já foi adaptada ao cinema e à televisão. Este é o autor que criou as histórias de “Shining”, “Os Condenados de Shawshank”, “À Espera de um Milagre”, “Carrie”, “It”, “A Torre Negra” ou “O Capítulo Final”, entre tantas outras.

Desde 4 de junho que pode assistir a outra adaptação. O próprio Stephen King adaptou o seu livro “Lisey’s Story”, de 2006, para uma minissérie que estreia agora na plataforma de streaming da Apple TV+. É a primeira vez em 20 anos que o autor trata da própria adaptação.

Stephen King assume que este é um dos seus livros favoritos e que por isso é que quis ser ele a tratar do guião — para que ninguém arruinasse a sua obra. “Lisey’s Story” foi produzida por J. J. Abrams (“Star Wars”, “Star Trek”, “Perdidos”, “Westworld”) e realizada pelo cineasta chileno Pablo Larraín (“Jackie”, “Ema”, “Neruda”, “O Clube”).

No elenco estão nomes como Julianne Moore, Clive Owen, Jennifer Jason Leigh, Joan Allen, Dane DeHaan, Sung Kang, Ron Cephas Jones, Sebastian Eugene Hansen e Claire Keane.

Este thriller dramático centra-se numa mulher viúva, Lisey Landon, e a narrativa acontece dois anos após a morte do marido, um escritor famoso chamado Scott Landon. Durante este período, foi pressionada por várias pessoas a vender os trabalhos inéditos do seu marido, que nunca foram publicados.

Contudo, Lisey está determinada a não deixar que isso aconteça. Certo dia, vai ao seu escritório para começar a organizar e a limpar as coisas de Scott. As pressões continuam e há um homem que a ameaça: se ela não entregar as histórias nunca publicadas do marido, ela vai sofrer consequências.

Lisey recusa, mas este homem cumpre as ameaças e começa a persegui-la. Ao mesmo tempo, a protagonista começa a recordar-se de coisas estranhas do seu casamento, acontecimentos ou atos que tinha bloqueado na sua memória. Mas também vai deparar-se com pistas que poderão salvar a sua vida no presente.

O tom, como é habitual nas histórias de Stephen King, cruza fantasia com um lado mais realista e obscuro de crime e melancolia.

Se quiser saber que outras séries de televisão (e nas plataformas de streaming) estreiam neste mês de junho, carregue na galeria.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT