Televisão

Nova temporada de “Stranger Things” já foi vista durante mais de mil milhões de horas

É a primeira série em inglês a conseguir este feito na Netflix. Só é mesmo derrotada pela produção de “Squid Game”.
É a primeira série inglesa a conseguir o feito.

Assim que os últimos episódios da nova temporada de “Stranger Things” estrearam — a 1 de julho —, a Netflix foi abaixo durante alguns minutos. Poucos dias depois, a série continua no top em vários países. Segundo o “The Hollywood Reporter”, o quarto capítulo já foi visto mais de mil milhões de horas.

Esta é a primeira série em inglês a conseguir este feito na plataforma de streaming. “Stranger Things” só é mesmo derrotada por “Squid Game”. Os primeiros sete episódios da temporada chegaram às 930 milhões de horas nos primeiros 28 dias depois do lançamento. Já o oitavo e o nono, que ficaram disponíveis este mês de julho, passaram as 220 milhões de horas vistas em menos de uma semana.

Os dois últimos episódios totalizam mais de quatro horas de televisão. Se o penúltimo se equipara aos 98 minutos do antecessor, o grande final conta com perto de duas horas e meia de duração.

“Squid Game” mantém o recorde na plataforma de streaming com 1,65 mil milhões de horas visualizadas em apenas 28 dias. A quinta temporada de “Stranger Things” já foi confirmada, mas por enquanto ainda não se sabe quando pode estrear.

Spin-off de “Stranger Things” será 1000% diferente

No podcast “Happy Sad Confused”, os irmãos Matt e Ross Duffer, criadores do universo “Stranger Things”, abordaram os rumores que se centravam na possibilidade de serem realizados spin-offs centrados em personagens específicas. Apesar de confirmarem a produção de uma sequela da série, deixaram um alerta: os fãs não devem esperar uma história apenas centrada em Eleven (Millie Bobby Brown) ou Steve (Joe Keery), porque este será “1.000 por cento diferente” da proposta atual.

“Isso não é interessante para mim, porque já o fizemos. Passamos não sei quantas horas a explorar tudo isso. Então é muito diferente, disseram, citados pelo “IndieWire”. Acrescentaram ainda que o spin-off vai manter a mesma “sensibilidade narrativa” que conquistou o público, e que esperam encontrar “a pessoa certa para passar o bastão” enquanto fazem coisas novas.

Contudo, antes de qualquer spin-off estar, oficialmente, em curso, há que finalizar a série com “Stranger Things 5”. “Pela primeira vez, não terminamos as coisas no final da 4 [temporada], pelo que vai estar em movimento”, comentou Matt Duffer.

“Não sei se vai ser a 100 milhas por hora no início da 5, mas vai ser bastante rápido”. Os personagens já vão estar em ação. Eles já vão ter um objetivo e um impulso, e penso que isso vai fazer com que esta temporada pareça realmente diferente”, completou.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT