Televisão

“O Caso Bettencourt”: as gravações que revelaram um dos maiores escândalos de França

A série da Netflix retrata a vida de Liliane Bettencourt, herdeira da L'Oréal e, outrora, a mulher mais rica do mundo.
A série estreou a 8 de novembro

O que parecia ser uma rivalidade trivial entre duas das mulheres mais ricas do mundo, Liliane e Françoise Bettencourt, respetivamente, mãe e filha, culminou num dos maiores escândalos políticos de França. Esta história pode ser vista na série documental da Netflix, “O Caso Bettencourt: Escândalo Com a Mulher Mais Rica do Mundo”, que estreou na passada quarta-feira, 8 de novembro, e já é um dos conteúdos mais populares da plataforma.

Em três episódios, é retratado este caso de 2007, que envolve a progenitora, herdeira da L’Oréal (que faleceu em 2017), a filha, atualmente, a mulher mais abastada do mundo (com uma fortuna avaliada em cerca de 75 mil milhões de euros), e o fotógrafo de celebridades, François-Marie Banier.

A matriarca conheceu Banier em 1987, durante uma sessão de fotografia para uma revista de luxo. Os seus modos rudes e a forma desassombrada como falava surpreenderam — e conquistaram Liliane. Pouco depois, iniciaram uma extravagante relação. Muitos questionavam o que motivava a herdeira do império L’Oréal a oferecer presentes extravagantes — no valor de cerca de mil milhões de euros — a um homem 25 anos mais novo e abertamente homossexual.

Liliane era uma mulher solitária que vivia um casamento infeliz com André Bettencourt. O fotógrafo ajudou-a a sair da sua “concha”. Passam a viajar juntos pelo mundo, conviviam com celebridades e divertiam-se. A proximidade entre ambos levantou as suspeitas da filha Françoise, que não aprovava a amizade e desconfiava das reais intenções de François-Marie Banier.

Após a morte do marido, em 2007, a matriarca ficou paranóica. Cortou ligações com a filha e passou a informar-se sobre quem a poderia trair.  Com o agravar da situação, a contabilista, Claire Thibout, e o mordomo de longa data, Pascal Bonnefoy, contam a Françoise sobre os presentes que Liliane ofereceu a Banier entre 1997 e 2007.

Mandato pela filha, o mordomo começou a gravar as várias reuniões da matriarca com vários interlocutores — captando várias conversas sobre movimentações de dinheiro para evitar o pagamento de impostos ao Fisco francês. Uma vez confrontada com os áudios em tribunal, Liliane apresentou sinais de estar a sofrer doença de Alzheimer. Por exemplo, esta não se lembrava de ter oferecido uma ilha ao fotógrafo. Com base nas provas, Banier e outras pessoas do seu círculo foram condenadas por abuso financeiro de Bettencourt.

O mordomo foi acusado de fazer as gravações ilegalmente, mas, em 2017, o tribunal absolveu Bonnefoy e cinco jornalistas, encerrando as ligações do primeiro com a família Bettencourt. A equipa responsável pelo documentário tentou descobrir mais informações sobre o seu paradeiro, mas não foi capaz de o contactar.

Quando ao fotógrafo, este foi acusado de “abuso de situação de fraqueza” e condenado a três anos de prisão. No entanto, este apelou ao crime e evitou cumprir pena ou pagar quaisquer danos à família Bettencourt, que ascendiam aos 158 milhões de euros.

Atualmente, Banier é um homem livre e continua a trabalhar em Paris. Aos 76 anos, fez recentemente uma exposição intitulada “Writings and Pictures” na Miguel Abreu Gallery, em Nova Iorque.

Este é um dos escândalos mais controversos da democracia francesa dos últimos anos. Após ter sido descoberto que Bettencourt havia financiado várias campanhas de políticos de forma ilegal (uma vez que excediam o valor autorizado pela lei), nomeadamente, ao eventual Presidente francês, Nicolas Sarkozy. Apesar da polémica, isto não teve qualquer ligação direta com o político e o seu nome foi afastado da investigação em 2013. Este caso ficou conhecido como o “Watergate francês”.

Françoise, após a morte da mãe, em 2017, acabou por herdar esta fortuna. Atualmente, possuí cerca de 33% das ações da L’Oréal, segundo a Forbes, e é considerada a mulher mais rica do mundo.

Carregue na galeria para conhecer todas as grandes séries (e regressos) que podemos esperar para o mês de novembro.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT