Televisão

“O Diabo em Ohio”: o novo thriller da Netflix que está a conquistar os espectadores

É uma série que conta a história de uma rapariga que escapa de uma seita obscura. Tem oito episódios.
Emily Deschanel é a atriz principal.

Chama-se “O Diabo em Ohio” e é uma série de thriller que estreou na Netflix a 2 de setembro. Tornou-se num sucesso logo no fim de semana — neste momento ocupa o segundo lugar do top 10 das tendências da plataforma de streaming.

A atriz principal é Emily Deschanel, que se tornou popular ao protagonizar a série “Ossos” durante 12 anos. Desde que a produção chegou ao fim, em 2017, tem participado nalguns projetos, mas sem grande visibilidade até agora.

Nesta história, interpreta uma psiquiatra e mãe dedicada, Suzanne Mathis. Tem três filhas e um marido que trabalha no ramo imobiliário, mas a sua ocupada vida pessoal não a impede de ser uma profissional de referência, com uma enorme paixão pelo que faz. Como uma das suas filhas explica a uma das irmãs no primeiro dos oito episódios, “ela tenta salvar toda a gente”.

É isso que tenta fazer com Mae, a adolescente que se torna na personagem que irá mexer com tudo e originar a narrativa de “O Diabo em Ohio”. Certo dia, Mae dá entrada no hospital, vítima de um trauma enigmático. Cedo se descobre que tem a marca de um pentagrama nas costas, mas ninguém consegue perceber o que aconteceu, porque a jovem anónima se recusa a falar. É aí que entra em cena Suzanne.

Cheia de compaixão, a psiquiatra acolhe Mae na sua família, dando-lhe uma casa e a possibilidade de se recompor e de começar uma vida normal. Não demora muito até perceberem que a jovem veio de uma seita obscura, uma comunidade isolada numa zona próxima daquele subúrbio do Ohio onde a ação se desenrola.

Enquanto a dinâmica familiar na casa de Suzanne se vai moldando à presença de Mae, as personagens — e os espectadores — vão descobrindo mais sobre o seu passado atribulado, que a levou até ali. Há um polícia à procura da verdade que também estará no seu encalço, enquanto tenta desvendar as práticas satânicas orquestradas naquele culto.

O enredo carregado de tensão baseia-se no livro homónimo publicado em 2017, e a série foi criada pela própria escritora, Daria Polatin (com experiência televisiva, graças ao seu trabalho como argumentista em produções como “Jack Ryan” ou “Condor”). Por sua vez, o livro foi inspirado numa história real.

O elenco também inclui nomes como Sam Jaeger, Gerardo Celasco, Madeleine Arthur, Xaria Dotson, Alisha Newton, Naomi Tan, Jason Sakaki ou Evan Ellison, entre outros. O projeto foi apresentado como uma minissérie pela Netflix, o que significa que não deverá ter continuação.

Carregue na galeria para conhecer outras novidades da Netflix (e não só).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT