Televisão

O Godzilla nórdico é a estrela do novo sucesso da Netflix

"Troll" estreou esta quinta-feira, 1 de dezembro, e está a ser muito elogiado pelos seus imaculados efeitos especiais.
Prepare-se para muita destruição

Uma criatura desconhecida que deixa um rasto de destruição. Uma cientista que é chamada para desvendar o mistério. E um exército incapaz de travar o monstro. Se pensou imediatamente em Godzilla, não foi o único. Embora a trama seja assustadoramente parecida com a do velho e gigante réptil radioativo vindo do Japão, “Troll” traz um twist nórdico a esta famosa história. Neste caso, a inspiração mergulha a fundo no folclore nórdico e nas suas lendas.

“Nas profundezas das montanhas de Dovre, uma gigantesca criatura, presa há milhares de anos, acorda. À medida que destrói tudo no seu caminho, aproxima-se rapidamente da capital da Noruega. Como é que se trava uma coisa que todos pensavam que existia apenas no folclore norueguês?”, revela a sinopse do filme realizado por Roar Uthaugh, o realizador responsável por “Tomb Raider” de 2018. Alicia Vikander desempenha o papel principal.

“É uma ideia que tinha guardada na minha cabeça há mais de 20 anos e que pude finalmente concretizar. É um sonho tornado realidade”, revelou o cineasta norueguês que agarrou num dos personagens lendários das histórias populares da Escandinávia. Este não é sequer o seu primeiro filme inspirado em desastres, ele que realizou “A Onda”, de 2015, que retrata os efeitos de um violento tsunami nos fiordes.

Não é a primeira vez que a cultura nórdica fornece material para produções épicas. Do Thor da Marvel a séries como “Vikings” ou mesmo o último filme de Robert Eggers, “The Northman”, muitos têm agarrado na riqueza dos contos tradicionais desta região do mundo, mas poucos se focaram nestes monstros. Os trolls são criaturas que vivem em zonas isoladas, em montanhas rochosas. São selvagens, grandes e perigosos para os “humanos civilizados”.

O elenco compõe-se com nomes menos conhecidos fora da Noruega, com os papéis principais entregues a Ine Marie Wilmann e Mads Sjogard Pettersen. A lista fica completa com Anneke von der Lippe, Kim Falck e Gard B. Eidsvold.

As reações ao filme, que chegou à plataforma da Netflix esta quinta-feira, 1 de dezembro, têm sido muito positivas e elogiam sobretudo os efeitos especiais usados para retratar o gigantesco monstro. Contudo, “Troll”é também marcado por muitos lugares comuns e tem inúmeros paralelos com outras produções do género, incluindo o tão famoso “Godzilla”.

Carregue na galeria para conhecer as outras estreias que chegam à televisão em dezembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT