Televisão

O novo thriller da Netflix é um banho de sangue super divertido

"Kate" é uma corrida contra o tempo protagonizada por Mary Elizabeth Winstead. A crítica tem elogiado a produção.
Um filme cheio de ação.

Mary Elizabeth Winstead já mostrou que é bem capaz de estar à frente de um filme de ação. Prova disso foi o seu papel como caçadora na produção da DC Comics “Birds of Prey (E a Fantabulástica Emancipação De Uma Harley Quinn)“. Ali, fazia parte de um grupo de vilãs que combatiam o crime na perigosa cidade de Gotham. Num papel não muito diferente, a atriz norte-americana é agora a protagonista de “Kate“: o novo thriller de ação que chegou à Netflix esta sexta-feira, dia 10 de setembro.

O filme, que foi dirigido pelo diretor francês Cedric Nicolas-Troyan (“Branca de Neve e o Caçador“), conta a história de Kate (Mary Elizabeth Winstead), uma assassina implacável que é envenenada na sua última missão em Tóquio. Na trama, a personagem tem menos de 24 horas para descobrir quem está por detrás de tudo e executar, finalmente, a sua vingança. Pelo meio, esbarra com a filha de uma das suas anteriores vítimas, Ani (Miku Martineau) e passa a protegê-la, à medida que segue com o seu plano.

Com pouco mais de 1h40 de duração, o thriller aborda temáticas como a questão da pertença, da honra e de valores familiares. Ao mesmo tempo que fala sobre os princípios morais do povo japonês em contraste com a audácia dos costumes ocidentais.

Pelo meio, existem carros de neon, apresentações de teatro Kabuki e outros tantos assassinos que lutam tanto com espadas samurai e katanas como com armas de fogo. “Kate” é também marcado pela presença de Band-Maid, uma banda de rock japonesa, no filme. Apesar do tema, a crítica fala num argumento “divertido”, “intenso” e carregado de sangue.

Entre Tóquio, Japão, Tailândia, Los Angeles e Califórnia, Cedric Nicolas-Troyan esforça-se por apresentar excecionais coreografias de luta com sucessivas cenas de corpo a corpo, que até fazem lembrar — embora sem a mesma complexidade de pormenores — a saga de filmes de “John Wick“. Não fosse essa uma linha de inspiração para Cedric Nicolas-Troyan.

Além de Mary Elizabeth Winstead e Miku Martineau, participam em “Kate” os atores Woody Harrelson, Michiel Huisman e Tadanobu Asano.

“Kate” está disponível na plataforma streaming Netflix desde esta sexta-feira, 10 de setembro.

Se precisa de mais sugestões de filmes e séries para ver em casa, carregue na galeria para conhecer as produções que estreiam este ano em Portugal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT