Subscreva a nossa newsletter para receber as melhores sugestões de lifestyle todos os dias.

Televisão

OPTO: tudo o que há para ver na nova plataforma de streaming da SIC

São novelas, documentários, séries, programas de humor e reportagens para ver no serviço que foi lançado esta terça-feira.
Vai haver conteúdos para todos os géneros.

24 de novembro é o dia em que, pela primeira vez, uma grande estação de televisão em Portugal aposta à séria no streaming — com um serviço pago e conteúdos exclusivos. A SIC já lançou oficialmente a OPTO, que pode subscrever online, no site, ou através da app oficial para dispositivos móveis.

É um modelo simples. Existe uma versão gratuita e uma versão paga, exclusiva para assinantes, com os tais conteúdos exclusivos. Por enquanto só é possível aceder através do computador, telemóvel ou tablet, mas a SIC garante que em breve estará disponível uma app para as Smart TV da LG e da Samsung, dispositivos Android TV, e também Apple TV e Chromecast.

O que já pode ver?

Quando estiver a operar a 100 por cento, a OPTO terá mais de quatro mil horas de conteúdos. Na versão premium, vai haver programas e séries específicos, antestreias de episódios das telenovelas, e noticiários compactos com três versões: de dez, 15 ou 20 minutos.

A partir desta terça-feira, já pode assistir aos primeiros dois episódios de “A Generala”, uma das séries que abrem o catálogo da OPTO. Trata-se de uma produção inspirada numa história real, de uma mulher portuguesa que fingiu ser um homem general e que foi detida por burla.

Soraia Chaves, que interpreta a protagonista, já falou sobre o projeto com a NiT. “É uma série de seis episódios em que retratamos todas as fases de vida de uma pessoa É um olhar íntimo sobre a forma como esta pessoa cresceu, o ambiente à sua volta, e o que determinou o seu caminho e a faz iniciar uma viagem à procura de liberdade. É a luta de uma pessoa para conseguir viver de forma livre e digna a sua identidade.” O elenco inclui ainda nomes como Margarida Marinho, Vitória Guerra e Carolina Carvalho.

Destaque ainda para o documentário de “Como é que o Bicho Mexe?” — o talkshow improvisado criado por Bruno Nogueira no Instagram, na altura do primeiro confinamento, na primavera.

A produção é um registo documental da emissão especial de Natal, que aconteceu em maio, quando se começou a desconfinar, em que mais de 170 mil pessoas estiveram a assistir ao vivo enquanto Bruno Nogueira e companhia percorriam as ruas da Grande Lisboa rumo ao Coliseu dos Recreios, com vários momentos épicos pelo caminho. 

Além de conteúdos extra de “Isto é Gozar com quem Trabalha”, Ricardo Araújo Pereira terá um novo formato de sketches, cujo episódio 0 já se encontra na OPTO. José Diogo Quintela, Miguel Góis, Cláudio Almeida, Manuel Cardoso, Cátia Domingues, Guilherme Fonseca e Joana Marques continuam neste projeto a colaborar com Ricardo Araújo Pereira.

A aposta também acontece em formatos alternativos dentro da informação da SIC. Está disponível, por exemplo, a série documental “Mercado Negro”, da jornalista Sofia Pinto Coelho, que tem quatro episódios. Foca-se no mundo do crime e dos negócios clandestinos.

Há ainda um novo programa de Clara de Sousa, chamado “5+”. Cada episódio foca-se numa espécie de top 5 de acontecimentos específicos relacionados com Portugal. Há um relativo às cinco catástrofes mais marcantes, e outro episódio já disponível sobre os cinco acidentes aéreos mais relevantes para a nossa história.

O catálogo inclui também conteúdos não originais. Neste momento há uma vasta oferta de filmes internacionais de Natal e projetos documentais e de entretenimento cujos direitos de transmissão foram adquiridos pela SIC para os subscritores da OPTO terem acesso. Neste campo não se compara aos catálogos das grandes plataformas de streaming como a Netflix, a HBO ou a Amazon Prime Video, entre outras, até porque o maior foco parecem ser as produções originais da SIC.

Por isso mesmo, programas antigos (e também atuais) da SIC estão disponíveis na OPTO. Veja ou reveja episódios de “O Noivo é que Sabe”, “Casados à Primeira Vista”, “Fama Show”, “Governo Sombra”, “Uma Aventura”, “Minutos Mágicos”, “A Árvore dos Desejos”, “Não Há Crise”, “A Máscara”, “Médico de Família”, “Terra Nossa”, “O Programa do Aleixo”, “Alta Definição”, “24 Horas de Vida”, “Passadeira Vermelha”, “Irritações”, “O Carro do Amor” ou de “Floribella”, entre muitas outras novelas com vários anos (e algumas produções brasileiras da Globo, que foram transmitidas pela SIC). Veja ainda magazines dedicados ao mundo do futebol e grandes reportagens da SIC. Tudo isto estará disponível na versão gratuita da OPTO.

A interface da OPTO tem os conteúdos divididos por categorias ou coleções de sugestões — à semelhança das plataformas internacionais. É ainda possível pesquisar por determinado conteúdo e ter acesso a alguns detalhes sobre cada programa antes de clicar para o ver. A emissão da SIC em direto também pode ser acompanhada neste serviço digital.

O que vai poder ver?

Em breve, vai estrear a série “O Clube”, uma produção televisiva inspirada nas memórias do antigo porteiro do Elefante Branco — ou seja, vai ser uma narrativa que terá como foco a noite lisboeta. O elenco inclui nomes como Sara Matos, Filipa Areosa, Carolina Torres, Luana Piovani, Margarida Vila Nova, Vera Kolodzig, Sharam Diniz, José Raposo, Vítor Norte e Fábia Rebordão — além de haver uma personagem interpretada por Ljubomir Stanisic.

O chef (que em breve irá estrear um novo programa na SIC, a adaptação de “Hell’s Kitchen”) vai ser ainda o protagonista de um documentário autobiográfico, “Coração na Boca”, realizado pela sua mulher, Mónica Franco. Além da vida de Stanisic, irá centrar-se nos meandros da alta gastronomia em Portugal.

Até ao final do ano, vai também estrear na OPTO “Esperança”, uma comédia realizada por Pedro Varela que terá César Mourão como protagonista. O comediante e apresentador vai interpretar “uma carismática viúva octogenária que vive e ‘resiste’ num muito cobiçado segundo andar de um prédio, no Bairro do Castelo, em Lisboa”.

Os preços

Em Portugal, o preço da versão premium é 3,99€ por mês ou 39,99€ por ano. Contudo, se subscrever o serviço até ao final desta terça-feira, 24 de novembro, tem direito a um desconto: só lhe vai custar 29,99€ por ano. 

No estrangeiro, o preço anual será de 69,99€, sendo que também dará acesso à emissão em direto da SIC Notícias.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT