Televisão

Patrick Dempsey acusado de aterrorizar as gravações de “Anatomia de Grey”

Há até quem diga, num novo livro sobre a série, que deixou o resto do elenco com stress-pós traumático.
O ator regressou no ano passado à série.

Patrick Dempsey regressou a “Anatomia de Grey” no ano passado, quando na 17.ª temporada da série, a sua personagem de Derek “McDreamy” Shepherd reapareceu nos sonhos delirantes de Meredith Grey, enquanto a protagonista estava com Covid-19.

Dempsey interpretava o marido de Meredith, que deixou a série há seis anos, na 11.ª temporada, quando morreu de forma repentina — supostamente, Patrick Dempsey queria sair da série e havia alguma tensão entre o ator e a equipa de produção, nomeadamente com a criadora do projeto, Shonda Rhimes. Nos anos seguintes, o ator foi mesmo vocal nas suas críticas, alegando que trabalhavam mais de 15 horas por dia e que o ambiente não era saudável.

Um novo livro, “How to Save a Life: The Inside Story of Grey’s Anatomy”, de Lynette Rice — que falou com dezenas de pessoas que trabalharam na série ao longo dos anos — confirma a toxicidade do ambiente na produção, mas aponta sobretudo o dedo a Patrick Dempsey, de acordo com um excerto publicado em exclusivo na revista “The Hollywood Reporter”. Chega às livrarias americanas a 21 de setembro.

Neste livro, Patrick Dempsey é acusado de aterrorizar as gravações de “Anatomia de Grey”. Um produtor executivo, James D. Parriott, explica como “os problemas de recursos humanos” levaram à morte da personagem de McDreamy na narrativa.

“Havia problemas de recursos humanos. Não era sexual de todo. Ele meio que aterrorizava as gravações, alguns membros do elenco desenvolveram stress pós-traumático com ele.”

Patrick Dempsey chegou a “Anatomia de Grey” como um dos atores mais conhecidos e o seu estatuto dentro da produção foi crescendo à medida que se tornava um interesse amoroso cada vez maior para Meredith.

Dempsey ganhava mais dinheiro do que a atriz protagonista Ellen Pompeo, com quem alegadamente também desenvolveu uma relação tensa, visto que se queixava das horas que tinha de estar na rodagem e do trabalho que tinha de fazer, quando Ellen era a atriz que mais tempo passava a filmar. Pompeo ficava frustrada e exigia que o seu colega estivesse igualmente empenhado e comprometido no trabalho.

Parriott acrescentou ainda: “Ele tinha esta força no set de gravações porque ele sabia que podia parar a produção e assustar as pessoas”. “Tivemos reuniões com ele, acho que ele estava farto da série. Não gostava da inconveniência de ter de vir todos os dias e trabalhar. Ele e a Shonda estavam fartos um do outro.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT