Televisão

A primeira imagem da nova série de “O Esquadrão Suicida”

“Peacemaker” é um spinoff do novo filme, escrito e realizado pelo mesmo James Gunn, com John Cena no papel principal.
John Cena está de volta à personagem.

Foi ainda em 2020, quase um ano antes da estreia do filme, que foi confirmado que a nova versão de “O Esquadrão Suicida” iria ter um spinoff: uma série da HBO centrada na personagem Peacemaker (John Cena). Agora, foi divulgada a primeira imagem da história, através da revista “Entertainment Weekly”.

No novo “O Esquadrão Suicida”, realizado e escrito por James Gunn, o Peacemaker é um dos super-vilões tornados anti-heróis recrutados pela implacável agente Waller (Viola Davis). Está na comitiva principal, ao lado de Bloodsport (Idris Elba), Rick Flag (Joel Kinnaman), Ratcatcher 2 (Daniela Melchior), Polka-Dot Man (David Dastmalchian) e o King Shark (Sylvester Stallone), a quem se junta depois Harley Quinn (Margot Robbie).

Peacemaker é um assassino letal, capaz de matar com qualquer utensílio, e é um patriota americano dogmático — está disposto a tudo em nome da “liberdade”. Mesmo que isso inclua matar e trair. “Acho que ‘liberdade’ é só a tua desculpa para fazeres o que quiseres”, contrapõe Bloodsport no filme.

Há uma cena pós-créditos que demonstra que Peacemaker conseguiu sobreviver a tudo aquilo que aconteceu. A personagem de John Cena está internada no hospital quando é visitada por John Economos (Steve Agee) e Emilia Harcourt (Jennifer Holland), dois dos empregados ao serviço da Task Force X de Waller.

“Tu apercebes-te de que isto é uma vingança, certo? A Waller sabe que a traímos e está a vingar-se ao colocar-nos com este”, diz John Economos. “Ouvi dizer que ele foi um herói em Corto Maltese”, diz o médico. “Para que é que o querem?” Harcourt dá a resposta: “Só para salvar o mundo”.

A primeira imagem divulgada.

É desta forma que a DC Comics dá o arranque para a série de “Peacemaker”, que vai acompanhar a personagem de John Cena e os dois funcionários da Task Force X que o vão orientar na sua jornada de aventuras. A estreia está prevista para 16 de janeiro e vai ter oito episódios — o projeto também foi escrito e realizado por James Gunn.

“Pensei em várias histórias que pudessem ser contadas com estas personagens”, disse James Gunn em entrevista ao jornal “USA Today”. “E, por alguma razão, quando eu era miúdo adorava aquele telefilme merdoso do ‘Capitão América’ [de 1979]. Para mim aquilo era a melhor coisa do mundo. Então pensei no que podia ser uma versão marada disso nos dias de hoje com a personagem do Peacemaker.”

James Gunn diz que vai ter uma estética semelhante à televisão dos anos 70 e mais alguma política envolvida — embora já seja um tema (ainda que superficial) no novo “O Esquadrão Suicida”. O Peacemaker “é bastante de direita”, admite Gunn.

O cineasta conta que grande parte da série vai ser um diálogo constante entre Peacemaker e uma personagem interpretada por Danielle Brooks, “alguém que está no espetro político oposto”, e se vai centrar “onde nos conseguimos juntar”.

O elenco da série vai incluir ainda Christopher Heyerdahl, Chukwudi Iwuji, Nhut Le, Robert Patrick, Freddie Stroma, Lochlyn Munro, Annie Chang e Alison Araya, entre outros.

Leia a crítica da NiT ao novo “O Esquadrão Suicida” e leia a entrevista com a portuguesa Daniela Melchior (que está a ser muito elogiada em todo o mundo pelo papel de Ratcatcher 2).

Carregue na galeria para conhecer várias novidades televisivas enquanto não estreia esta série.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT