Televisão

Príncipe Carlos ficou furioso com algumas cenas da nova temporada de “The Crown”

A quarta temporada da série da Netflix cobre toda a década de 1980 e foca-se sobretudo na princesa Diana.
Carlos e Diana em "The Crown".

Não é a primeira vez e não será certamente será a última. De Inglaterra voltam a surgir notícias de membros da família real descontentes com algumas das  cenas retratadas em “The Crown”. Desta vez foi o príncipe Carlos que terá ficado zangado com a versão “egoísta” que dão de si na nova temporada.

A série tem sido uma das maiores e mais bem-sucedidas apostas da história da Netflix. Nesta quarta temporada, “The Crown” aborda os anos que vão do assassinato do lorde Mountbatten (tio-avô do príncipe de Gales), em 1979, até ao fim da era de Margaret Thatcher, em 1990. Este período inclui a chegada de Diana a Buckingham, do casamento em modo conto de fadas até aos anos de problemas que se seguiram.

Diferentes fontes da família real têm dado conta do seu desagrado com algumas das cenas da nova temporada. O “Daily Mail” em particular cita uma fonte que se queixa da série, acusando-a de abordar “coisas que aconteceram em tempos muito difíceis há 25 ou 30 anos, sem pensar nos sentimentos de ninguém”. E acrescenta: “Não é correto nem justo, especialmente quando muitas das coisas exibidas não representam a verdade”.

Parte das críticas são sobre a forma “egoísta” como Carlos (interpretado por Josh O’Connor) é retratado, por oposição em Diana, nomeadamente sobre a relação que o filho mais velho de Isabel II veio a ter com Camilla Parker Bowles. Outra crítica diz respeito ao que o lorde Mountbatten terá dito a Carlos antes de morrer. “O público não se deve deixar enganar pensando que essa é uma descrição precisa do que realmente ocorreu”, aponta outra fonte.

Embora seja inspirada em factos bem reais, “The Crown” não procura ser um documentário ou um retrato exato. A série pega em elementos reais mas, tratando-se de ficção, faz escolhas sobre os destaques que dá (ou não) a certas matérias, como a NiT já havia salientando num artigo sobre o que é verdade ou não na série.

Esta temporada marca a chegada de Margaret Thatcher (Gillian Anderson), e em especial da princesa Diana (Emma Corrin), à narrativa. Já se sabe que a atriz australiana Elizabeth Debicki vai assumir o papel de Diana já mais adulta, nas futuras quinta e sexta temporadas da série. 

Os dez episódios da quarta temporada de “The Crown” chegaram à Netflix no passado dia 15 de novembro. Desde então a série tem estado no topo das mais vistas da plataforma de streaming em Portugal.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT