Televisão

Quem é o Tony de “Por Treze Razões” (e porque é que está tudo a falar dele)?

Chama-se Christian Navarro e tem origens porto-riquenhas. Foi recusado três vezes antes de lhe darem o papel. Tudo porque tem 25 anos, e não 17, como a personagem.

Devia ter sido um filme com Selena Gomez como protagonista mas o livro de Jay Asher acabou transformado numa série da Netflix com 13 episódios. Gomez passou para o lugar de produtora executiva de “Por Treze Razões” — a história de uma adolescente que se suicida e deixa 13 cassetes com motivos que a levaram a tomar essa decisão — e o elenco compôs-se com jovens atores desconhecidos ou com papéis muito secundários no currículo.

Katherine Langford, que interpreta Hannah Baker, apenas tinha participado numa curta-metragem, “Daughter”; Dylan Minnette (Clay Jensen) tinha entrado em “Anatomia de Grey” e “Scandal”; Sosie Bacon (Skye) é filha de Kevin Bacon e Kyra Sedgwick; Brandon Flynn (Justin Foley) tinha participado num episódio de “BrainDead”. Mas muito mais do que todos estes nomes, é de Tony Padilla — ou melhor, de Christian Navarro — que se fala desde que a série estreou a 31 de março.

Do ator de 25 anos (e não 17 como a sua personagem) ainda muito pouco se sabe mas os artigos sobre ele têm-se multiplicado na imprensa norte-americana. O mundo está obcecado com o mais recente sucesso da Netflix (incrivelmente bem realizado por Tom McCarthy, o mesmo de “O Caso Spotlight”), a banda sonora diversificada, a história brutalmente honesta e com Christian Navarro. Para perceber o que já é conhecido sobre ele, carregue na imagem.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT