Televisão

Série portuguesa sobre “O Atentado” a Salazar vai estrear na HBO Max

É uma análise ficcionada do processo-crime desencadeado pelo ataque à bomba contra o ditador.
Tem 10 episódios.

Há mais uma série nacional a chegar às plataformas de streaming internacionais. Desta vez, é “O Atentado”, de Francisco Moita Flores, que retrata a tentativa falhada de assassinar António de Oliveira Salazar, o ditador português, em julho de 1937. A estreia está agendada para 25 de abril, dia em que se assinala o 48.º aniversário da Revolução dos Cravos.

A curiosidade de Moita Flores pela temática esteve na origem da produção com 10 capítulos.

“Ele andou durante uns tempos largos maravilhado com esse universo de uma situação que é pouco conhecida dos portugueses. São episódios muito fortes que têm toda a veracidade da época e também as peripécias entre os polícias que investigaram quem tentou matar Salazar naquela altura”, explica José Fragoso, diretor de programas da RTP1, citado pelo “Espalha-Factos”.

Apesar de ser baseada em factos verídicos, o escritor espera que os espectadores “gozem da série enquanto ficção, que não tem preocupação nem de ser anti-salazarista, nem pró-salazarista”, apenas “informa sobre a história”. Personagens reais e ficcionais — interpretadas por nomes como Adriano Carvalho, Anabela Moreira, António Pedro Cerdeira, Gonçalo Botelho, Joaquim Nicolau, Tomás Alves e Laura Dutra — dão vida à narrativa. Jorge Paixão da Costa ficou responsável pela realização.

A obra é, portanto, resultado de uma análise do processo-crime desencadeado pelo ataque à bomba contra Salazar, que falhou por poucos metros, depois de um erro de cálculo ter desviado o explosivo do alvo. Aconteceu numa altura em que o regime ditatorial já estava consolidado em Portugal, mais concretamente no ano em que foi criado o Campo do Tarrafal, em Cabo Verde, para perpetuar o poder do Presidente do Conselho. Os opositores do déspota eram encaminhados para lá.

Carregue na galeria para conhecer as principais novidades dos canais de televisão e das plataformas de streaming para o mês de abril.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT