Televisão

“Shining Girls”: a nova série sobre um serial killer que viaja no tempo

Elisabeth Moss, a estrela de “The Handmaid’s Tale”, é a protagonista deste thriller recheado de suspense.
Tem 8 episódios.

Na nova série da Apple TV+, “Shining Girls” (que estreia esta sexta-feira, 29 de abril), a atriz protagonista Elisabeth Moss é Kirby Mazrachi. A história começa em 1992, em Chicago, nos Estados Unidos. Há seis anos, Kirby foi violentamente atacada por um homem anónimo que nunca foi apanhado.

Desde então, esta arquivista de jornais tem experienciado algumas alterações na sua realidade. Por vezes, estas mudanças são pequenas: um gato de estimação torna-se um cão, por exemplo. Noutras ocasiões, as diferenças são substancialmente mais importantes: em vez de se encontrar solteira e isolada, afinal está casada com um homem chamado Marcus.

É uma forma que “Shining Girls” usa para retratar como uma experiência traumática pode confundir a vítima ao longo de vários anos — baralhando o tempo e o espaço, turvando a sua realidade e tornando a pessoa dormente. As coisas mudam, porém, quando é encontrado o cadáver de uma jovem mulher. Tem lesões semelhantes àquelas que foram infligidas em Kirby — só que esta vítima não conseguiu resistir aos ferimentos. 

É a partir daí que a protagonista se junta a um repórter que está a investigar o caso (interpretado pelo brasileiro Wagner Moura) para tentarem identificar o serial killer responsável.

À medida que o enredo se desenrola — e os espectadores vão estar alguns passos à frente da protagonista em certos momentos da história — vamos percebendo que aquele criminoso misterioso, Harper (Jamie Bell), é alguém que consegue viajar no tempo para caçar as suas vítimas. As suas intenções são enigmáticas, mas não há dúvidas de que odeia mulheres.

“Shining Girls” tem sido descrito como um thriller que se revela lentamente, carregado de suspense e com elementos de ficção científica. Está a ser elogiado pela crítica especializada internacional — no site Rotten Tomatoes, que aglomera as classificações da imprensa, tem 76 por cento de textos favoráveis.

A narrativa é baseada no livro bestseller homónimo de 2013, escrito por Lauren Beukes. A atriz principal Elisabeth Moss realizou pelo menos um dos oito episódios e também está creditada como produtora executiva.

O elenco inclui ainda Amy Brenneman, Phillipa Soo, Christopher Denham, Deanna Reed-Foster, Marc Grapey, Chris Chalk ou Andy McDermott, entre outros.

Carregue na galeria para conhecer outras novidades das plataformas de streaming e dos canais de televisão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT