televisão

Tiger King diz que tem cancro e exige sair da prisão para ser tratado

Joe Exotic está a cumprir uma pena de 22 anos. Usou a conta no Twitter para revelar o seu estado de saúde.
Foi condenado a 22 anos.

Joe Exotic, a figura por trás da polémica figura Tiger King, está a cumprir uma pena de 22 anos depois de ter sido condenado em tribunal por maus tratos a animais. Através das redes sociais, voltou a pedir a sua libertação e desta vez anunciou que tem cancro da próstata, que está mais magro e não consegue comer.

“O meu corpo está cansado, perdi muito peso e as feridas na boca estão fora de controlo”, escreveu na sua conta do Twitter. Numa série de mensagens partilhadas revelou ainda que os valores tumorais estão elevados e que a prisão já autorizou a realização de mais testes para se perceber o real estado de saúde de Joe.

O americano que ficou famoso em todo o mundo por causa da série da Netflix “Tiger King” apelou ao presidente norte-americano Joe Biden para assinar o perdão e assim ter acesso aos tratamentos de que precisa. Um pedido idêntico já tinha sido feito a Donald Trump, mas acabou por ser recusado pelo então presidente dos EUA. Segundo o “The Independent”, em maio, Joe disse ter sido alvo de uma conspiração e, por isso, exigiu também a libertação.

Além dos maus tratos a animais, Joe Exotic foi condenado por ter planeado matar a rival Carole Baskin, do Big Cat Rescue.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT