Televisão

Todos os atores portugueses que pode encontrar na Netflix (e onde estão)

Nuno Lopes, Benedita Pereira, Diogo Morgado, Victoria Guerra, Dalila Carmo, Filipe Duarte, Pêpê Rapazote ou Alba Baptista estão na lista.

2020 foi o ano em que a Netflix e Portugal se aproximaram. Algumas das principais estreias, como “White Lines” e “Warrior Nun”, tiveram atores nacionais como protagonistas — neste caso, Nuno Lopes e Alba Baptista, respetivamente.

Noutro campo, a plataforma de streaming e o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) lançaram um concurso para argumentistas e realizadores portugueses. Os vencedores foram anunciados em agosto e daí irão resultar alguns projetos, que poderão ir parar à própria plataforma. Vhils é um dos nomes na lista.

Mais importante ainda foi o anúncio da primeira série portuguesa original da Netflix. “Glória” é um thriller de espionagem realizado por Tiago Guedes e escrito por Pedro Lopes. “A série decorre nos anos 60, no auge da Guerra Fria, na pequena aldeia da Glória do Ribatejo, onde se situa a RARET, centro de transmissões americano que emite propaganda Ocidental para o Bloco de Leste. João Vidal, um engenheiro de famílias ligadas ao Estado Novo, mas recrutado pelo KGB, vai assumir várias missões de espionagem de alto risco que podem mudar o curso da história portuguesa e mundial”, descreve a sinopse.

O elenco vai contar com Miguel Nunes, Carolina Amaral, Victoria Guerra, Afonso Pimentel, Adriano Luz, Joana Ribeiro, Marcelo Urgeghe, Sandra Faleiro, Carloto Cotta, Maria João Pinho, Gonçalo Waddington, Inês Castel-Branco, Rafael Morais e Leonor Silveira, entre outros. As gravações já começaram em Lisboa e no Ribatejo.

“The One” também devia ter estreado em 2020 — uma série britânica que tem Albano Jerónimo como protagonista. Era suposto ter estreado no outono, mas vai chegar à Netflix a 12 de março (o projeto também vai incluir uma participação de Miguel Amorim).

“A série toda trata de uma comunidade secreta de cientistas que trabalha para o estado, e que descobriram uma coisa: há um perfect match de ADN com outra pessoa no mundo. Ou seja, tu tens um emparelhamento perfeito a nível de ADN com outra pessoa no mundo. Quando encontras essa pessoa, escusas de procurar mais, porque tens ali a pessoa perfeita para a tua vida. Basicamente é isto. Então e o governo usa isso a seu favor, para controlar a população, são manobras de manipulação social. O que é que a minha personagem faz aqui? Eu sou o perfect match da protagonista. Ela faz parte dessa organização secreta e eu sou, digamos, o mundo do dia a dia. Sou o lado terreno, ‘normal’ da coisa. Ela faz parte de uma elite social inglesa, eu sou o gajo normal que é o oposto daquilo que a série retrata”, contou Albano Jerónimo à NiT em maio do ano passado.

Além das participações mais conhecidas, há muitos atores portugueses — de várias gerações, em papéis pequenos e grandes — que entram em projetos que estão disponíveis na Netflix. Carregue na galeria para conhecer a lista compilada pela NiT.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT