Televisão

“Transplant” é a nova série para quem tem saudades de um bom drama de médicos

O Canadá tem mostrado sinais de vitalidade na televisão. E há uma nova série para o testar, prestes a chegar à Fox Life.
Vai passar na Fox Life.

Desde “Serviço de Urgência” que o intenso e dramático dia a dia de um hospital se tornou todo um género para inúmeros fãs. Séries como “Dr. House” e “Anatomia de Grey” deram seguimento ao sucesso do projeto que lançou George Clooney. Mas há uma nova produção que quer reservar o seu espaço.

“Transplant” é a nova série da Fox Life e, além da vida intensa de hospital, conta ainda com uma história de luta, imigração e integração num novo mundo como pano de fundo.

Hamza Haq é o protagonista desta produção canadiana. Aos 29 anos, já foi apontado como um dos nomes a ter em conta no futuro da ficção televisiva no seu país. E “Transplant” é o seu maior desafio até à data.

Além de representar, o ator tem mostrado ser uma pequena sociedade das nações numa só pessoa. Filho de pais paquistaneses, nasceu na Arábia Saudita e mudou-se com a família para o Canadá quando tinha nove anos. Já interpretou um indiano no ecrã e agora fará de um médico sírio a tentar adaptar-se a uma nova realidade.

Em “Transplant”, Hamza Haq interpreta Bashir Hamed, um médico habituado a salvar vidas no serviço de urgências que se viu obrigado a fugir do seu país devastado pela guerra. No Canadá, vai encontrar todo um novo mundo de obstáculos à medida que tenta retomar a sua vocação.

Na série, Bashir e a irmã mais nova chegam a Toronto como refugiados. O médico retoma a vida possível a trabalhar num restaurante de um tio mas um acidente aparatoso, com uma carrinha a irromper pelo restaurante adentro, torna-se a sua oportunidade para mostrar as suas capacidades.

Dois irmãos num novo país.

Um dos feridos do acidente é um médico que já conhecera e que não lhe tinha dado emprego antes, Jed Bishop, interpretado por John Hannah, o Batiatus de “Spartacus”. Ao salvar Bishop, o jovem médico sírio abre caminho ao seu regresso aos corredores de um hospital. O sonho de voltar a ser médico num novo país, no entanto, é mais difícil do que se pensa. E vai ter mesmo de começar do zero e provar tudo o que vale.

Além do lado familiar, Bashir tem oportunidade de encontrar toda uma nova equipa que luta todos os dias para salvar vidas. Já conhecemos a premissa, com tudo o que de relações e rivalidades podemos esperar.

Num ano em que a sitcom canadiana “Schitt’s Creek” venceu o Emmy na categoria de melhor série de comédia (entre tantos outros prémios), segue-se a vez de “Transplant” mostrar o que vale perante os espectadores fãs da azáfama dos hospitais.

A primeira temporada de “Transplant” conta com 13 episódios, todos com cerca de uma hora de duração. A Fox Life começa esta quarta-feira, 28 de outubro, a transmitir esta história, a partir das 22 horas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT