Televisão

“Um dos piores” filmes da Netflix é o mais visto em todo o mundo — em Portugal também

O thriller de ação explosivo com Elsa Pataky, Luke Bracey e Aaron Glenane não tem sido acarinhado pela crítica.
Pataky é a capitã J. J. Collins.

Estreou a 3 de junho na Netflix e, desde dia 4, ocupa a primeira posição no top 10 de filmes mais vistos da plataforma de streaming a nível mundial e em vários países, entre os quais Portugal. Falamos de “Interceptor: Ameaça Terrorista”, que se desenrola em torno da capitã J. J. Collins (Elsa Pataky), a última oficial sobrevivente numa base antimísseis. Esta trava a batalha da sua vida contra terroristas que têm 16 ogivas nucleares roubadas apontadas aos Estados Unidos.

Apesar da posição de destaque que ocupa, a produção australiana com Luke Bracey e Aaron Glenane no elenco, tem sido alvo de péssimas críticas que lhe valeram uma pontuação de 44 por cento no “Rotten Tomatoes”. No que diz respeito à opinião do público, o filme obteve ainda piores classificações — apenas 26 por cento —, nota o “The Independent”.

Nas redes sociais, o feedback não tem sido mais positivo. “Se procura um filme para ver na Netflix, ‘Interceptor’ deve ser evitado a todo o custo”, escreveu um espetador. Um outro, comentou: “Interceptor foi, de longe, um dos piores filmes que já vi na Netflix. Uau.”

Há, contudo, quem recomende a longa-metragem, embora não o faça pelos melhores motivos. “Se tem uma hora e 40 minutos da sua vida que não quer ter de volta, veja ‘Interceptor’ na Netflix, é pura porcaria”, pode ler-se.

Como nem tudo é negativo, também surgem comentários positivos. “Ok… este filme do ‘Interceptor’ é um dos melhores que já vi na Netflix”, afirmou um utilizador do Twitter.

Carregue na galeria e descubra algumas novidades de junho que vale a pena ver na televisão e nas plataformas de streaming. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT