Televisão

Vai ter de começar a pagar para ver vídeos em 4K no YouTube

A Google tem estado a mudar a plataforma, de forma a torná-la numa fonte de rendimento ainda maior. Vai haver outras novidades.
Mais formas de ganhar dinheiro.

Como todos sabemos, tornou-se quase impossível ver um vídeo completo no YouTube sem sermos interrompidos por aquelas músicas irritantes ou pelas vozes padrão a publicitar algum artigo de que não precisamos. Dois minutos de pura distração tornaram-se agora um verdadeiro desafio. E a situação vai piorar.

Dentro de pouco tempo, quem quiser assistir a vídeos 4K no YouTube terá de pagar uma subscrição Premium. Já sabíamos que a Google tem tentado de tudo para que os utilizadores subscrevam este tipo de serviço. Porém, é a primeira vez que isso acontece de forma declarada na maior plataforma de streaming.

Ao escolher a opção 2160p, os utilizadores vão receber uma mensagem a indicar a necessidade de ter esta subscrição Premium para poder aceder aos conteúdos. A novidade ainda não foi confirmada nem comentada pela Google, mas começa já a ser relatada por vários utilizadores.

Por esclarecer fica ainda a questão de saber se os produtores de conteúdos vão ter acesso a algum valor. Pelo que se percebe, vai ser possível continuar a gravar os vídeos e a publicá-los, mas não podem ser vistos por toda a gente de forma livre.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT