Alimentação Saudável

6 alimentos para evitar no confinamento (e não são os que está a pensar)

É esta a lista que deve manter fora de casa quando quiser emagrecer ou controlar o peso.
Atenção à quantidade.

O confinamento pode criar ansiedade e momentos de stress. Para muitas pessoas, a forma que encontram para lidar com isso é a comida. É aqui que podemos falar de fome emocional, um estado em que usamos os alimentos como um mecanismo de compensação de acordo com as emoções negativas ou até positivas.

É muito importante que identifique o tipo de fome e estabeleça uma rotina alimentar, bem como perceber quando se sente saciado e parar assim que estiver satisfeito.

No entanto, se não tivermos os alimentos que nos fazem mal em casa, torna-se mais fácil controlar o que se ingere. Por isso, perguntámos à nutricionista Sónia Marcelo os alimentos que devemos evitar durante este período de isolamento.

Não vamos falar dos mais óbvios, como as batatas fritas, os cereais, os doces, as gomas ou a fast food. Estes todos nós sabemos, ainda que muitas vezes optemos por ignorá-lo certo? Em vez disso, a especialista referiu alimentos improváveis. Por outras palavras, que, à primeira vista, parecem inofensivos, mas não o são assim tanto.

Um exemplo disso são as barras de cereais, aquelas que compramos nos supermercados para comer à secretária, a meio da manhã ou da tarde. “São práticas, sim, mas verdadeiras bombas calóricas”, alerta a também autora do blogue “Dicas de Uma Dietista”.

Carregue na galeria para descobrir, então, os seis alimentos que deve evitar no confinamento se quiser emagrecer ou controlar o peso.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT