Alimentação Saudável

8 truques para escolher a bebida vegetal perfeita para si

Umas têm menos açúcar, outras mais proteína e há até as que têm mais gordura. A nutricionista Bárbara de Almeida Araújo dá uma ajuda.
São uma das tendências do momento

É a primeira nota dada pela nutricionista: “Nutricionalmente, as bebidas vegetais não são iguais ao leite.” Ainda assim, apesar desta pequena grande diferença, estas bebidas tornaram-se numa interessante alternativa, não só para quem sofre de intolerâncias, como à lactose ou à proteína do leite, mas também para quem prefere evitar produtos de origem animal.

Nesse sentido, a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, autora do blogue “Manias de uma Dietista”, refere que mesmo neste leque de bebidas é preciso estarmos muito atentos a alguns pormenores que podem ser menos benéficos para a saúde.

“A composição destas bebidas é muito variável e por isso deve verificar sempre o rótulo, vendo sempre a lista dos ingredientes e a declaração nutricional, pois existem diferenças grandes entre marcas e até dentro da mesma marca”, nota.

Feitas à base de água e de uma oleaginosa — que pode ser leguminosa ou cereal —, Bárbara Araújo explica que estas bebidas podem conter, além disso, açúcares e adoçantes, bem como óleos vegetais, sal e fortificações em vitaminas e minerais. Umas são boas, outras são más. É preciso saber fazer a distinção.

“Do ponto de vista nutricional, as bebidas vegetais contêm baixo teor de gordura, são isentas de lactose e ricas em fibra”, sublinha, apesar de referir que mesmo entre elas, estas bebidas têm muitas características diferentes.

A de amêndoa, por exemplo, é a que “apresenta um teor de açúcar mais baixo”. Já a bebida de soja tem “um maior teor proteico” e a de coco “um teor de gordura superior”. E as bebidas de cereais como arroz e aveia têm, por seu lado, um teor de gordura inferior.

Qual é a perfeita para si? Aproveite este guia, mas também as dicas da nutricionista Bárbara Araújo, que o vão ajudar a perceber quais as melhores e as piores alternativas.

Carregue na galeria para continuar a ler.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT