Alimentação Saudável

Afinal, devemos ou não pôr batata na sopa para ter uma versão saudável?

A nutricionista Mafalda Rodrigues de Almeida explica tudo à NiT.
Leia com atenção.

A sopa acompanha-nos desde que somos bebés e permanece sempre perto de nós. Há quem adore e quem a dispense, mas uma coisa é certa: faz parte da tradição alimentar portuguesa.

“Apesar de, com o tempo, ter vindo a ser desvalorizada, especialmente pelos mais novos, é muito importante incluí-la na alimentação diária”, começa por dizer Mafalda Rodrigues de Almeida, autora do blogue NiT “Loveat”.

Entre os seus benefícios, a especialista destaca que ao ser incluída no início das refeições, ajuda a regular o apetite e aumentar a sensação de saciedade — isto vai fazer com que coma menos no prato principal.

“Além de ter um baixo valor calórico, disponibiliza quantidades muito significativas de variados nutrientes como vitaminas (vitamina C, ácido fólico, carotenos), minerais (cálcio, potássio, ferro) e fibras, é de fácil digestão e ainda uma boa fonte de hidratação”, acrescenta.

Há mais uma vantagem: contribui especialmente para o aumento do consumo de hortícolas. Sobre isto, a nutricionista refere que por norma uma sopa contém uma mistura variada de legumes, como cebola, courgette, nabo, alho-francês, abóbora e chuchu). 

“Podem ser igualmente adicionadas hortaliças (agrião, aipo, alface, coentros, espinafres, nabiça) e batata e/ou leguminosas (ervilhas, feijão, grão)”, diz à Ni, acrescentando que quanto maior a variedade de hortícolas utilizados para a preparação da mesma, maior a sua densidade nutricional.

Afinal, devemos ou não pôr batata na sopa para ter uma versão saudável?

Será possível afirmar que há um alimento específico que torna a sopa mais saudável? Não, uma vez que uma sopa de hortícolas é, por si só, saudável. Posto isto, há uma dúvida ainda mais comum: será um erro adicionar batata à sopa? 

A especialista explica que a batata não é um alimento a evitar como se costuma ouvir. Afinal, faz parte da roda dos alimentos. Porém, tal como tudo, requer moderação no seu consumo. Não se esqueça de que se trata de um alimento muito versátil na cozinha, sendo excelente quando cozida ou assado.

Na verdade, é na casca que encontramos a maior parte dos nutrientes, como é o caso do potássio e da fibra, daí as batatas ao murro serem sempre uma boa opção. Ricas em vitamina C e fonte de várias vitaminas do complexo B, ajudam a reforçar as defesas do organismo. 

Mas há uma razão para existir a ideia de que a batata engorda. “Por vezes, a batata é utilizada na sopa para dar mais consistência e cremosidade, acabando por ser usada em demasia. Uma boa opção será reduzir ou eliminar a batata, dependendo dos gostos, e juntar mais courgette ou chuchu ou cenoura para deixar a sopa mais cremosa”, aconselha Mafalda Rodrigues de Almeida. Portanto, o truque está na moderação, mas há outras alternativas mais seguras caso tenha dificuldade em controlar as quantidades deste ingredientes.

As sugestões de sopas saudáveis da especialista passam pelo creme de ervilha e espargos, creme de abóbora e coentros ou creme de lentilhas com cenoura e curcuma.

Independentemente da receita que escolher, não se esqueça: “Após desligar o lume, tempere com flor de sal e um fio de azeite. Sirva com sementes de sésamo, girassol ou de abóbora como topping.”

Carregue na galeria para tomar nota dessas e outras receitas de sopas saudáveis e deliciosas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT