Alimentação Saudável

Costuma atacar o frigorífico durante a noite? Estas 8 dicas são ideais para si

Várias destas alternativas incluem alimentos que já tem em casa mas, provavelmente, não tem o hábito de consumir à noite.
Há opções de snacks mais saudáveis.

Já aconteceu a todos. A meio da noite, estamos de pé, em frente ao frigorífico, a ver o seu conteúdo e a desejar comer as opções com mais calorias, quando sabemos que o que deveríamos estar a fazer era dormir.

É bastante comum que algumas pessoas sintam mais fome à noite e comam demasiado nessa altura. Mas há também quem perca o sono de madrugada e saia da cama em busca de algo apetitoso. Estas atitudes, que parecem inofensivas, podem contribuir para aumentar o peso e, em alguns casos, até mesmo comprometer a saúde.

Quando temos fome à noite, devemos comer. Aquela velha questão de ir para a cama cheios de fome, sem comer nada, não faz sentido — até porque implica sofrimento. Porém, isto não significa ir à despensa ou ao frigorífico e pegar na primeira coisa que aparecer. Primeiro, deve perceber se se trata mesmo de fome ou apenas vontade de comer. Deve também pensar se realmente jantou bem.

“Devemos equilibrar a alimentação ao longo do dia. Apesar de um alimento específico ter a mesmas calorias de manhã, à tarde ou à noite, a verdade é que muitas vezes o consumo alimentar noturno é reflexo dos erros feitos ao longo do dia. Esse erros levam-nos a descompensar ao final do dia, procurando alimentos de rápida absorção e muitas vezes em excesso de quantidade”, explica a nutricionista Lillian Barros à NiT. 

O nosso corpo tem um relógio biológico que lhe diz quando devemos descansar, comer ou estar ativos. Com toda a correria do dia a dia, acabamos por descontrolar esse ritmo natural e compensamos com a ingestão, em excesso, de comida à noite — o que não é o correto. “É também uma altura em que procuramos um consumo alimentar emocional, o que também não está alinhado com as necessidades reais do organismo”, diz Lillian.

Além de que devemos tentar perceber se realmente temos fome, ou apenas vontade de comer. Se jantarmos às 20 horas, é normal querer comer algo passado quatro ou cinco horas. Se tiver passado apenas uma, provavelmente é apenas vontade de comer. Ainda assim, há certos alimentos que devemos evitar ingerir antes de dormir.

Não coma bolachas ricas em açúcar, folhados, bolos, batatas fritas, doces e sobremesas — aquilo por que muita gente opta, de acordo com a nutricionista, que lembra que estes são alimentos que se devem evitar em qualquer momento do dia. Mas, atenção: escolher algo mais saudável também não significa comer em quantidades desmesuradas.

“A necessidade de comer ou nãoà noite deve ser algo que deve ser ajustado a cada pessoa, dependendo do seu ritmo de vida, horários e apetite. Para algumas pode ser vantajoso, mas sempre com equilíbrio e moderação, escolhendo alimentos nutritivos e saciantes”, afirma a nutricionista.

Um pequeno deslize de fim de noite não deve passar de algo raro a um hábito — isso causará aumento de peso, picos de fome imprevisíveis e problemas para dormir.

Se quer mudar esta rotina, carregue na galeria e descubra oito soluções para evitar sentir fome à noite.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT