Alimentação Saudável

Descobrimos o vinho com menos calorias à venda em Portugal

Para quem quer emagrecer, saiba que esta escolha pode fazer toda a diferença da próxima vez que for às compras.
Saiba qual é.

Café descafeinado, leite sem lactose e refrigerantes com zero açúcar. Todas as calorias contam para quem está a fazer uma dieta muito apertada. Porém, no que toca ao álcool, as escolhas por vezes pode ser mais difíceis.  

Por isso mesmo, as marcas têm-se reinventado parar criar produtos menos calóricos. Cervejas e vinhos sem álcool não são uma novidade. As prateleiras dos supermercados já apresentam um grande leque de ofertas destas bebidas. Podem realmente ter menos calorias, porém o sabor não é exatamente igual aos produtos originais. Essa diferença é tão avassaladora ao ponto de os verdadeiros fãs de vinho optarem por outras bebidas. 

Para quem não dispensa acompanhar a refeição principal com o tal copo de vinho, há uma coisa que deve saber: se está a fazer uma dieta com base na contagem de calorias, a garrafa escolhida pode fazer toda a diferença no momento da pesagem. 

“Os vinhos verdes são os que fornecem menos calorias, entre 85,5 a 88,5 calorias por copo; seguidos do vinho tinto maduro, com 99 calorias; do vinho branco maduro e do rosé, que fornecem 108 calorias também por 150 mililitros”, explica Mariana Abecassis.

A nutricionista relembra que “não existe uma disparidade significativa nas qualidades de vinho no que toca à quantidade de açúcares e hidratos de carbono”.

A diferença entre ambos pode ser residual, porém, segundo o enólogo Pedro Martin, da Martin Boutique Wines, o que torna um vinho mais ou menos calórico é a percentagem de álcool presente no mesmo. Como os vinhos não têm rótulo nutricional, na hora de escolher, é importante olhar para este indicador.

A NiT foi investigar e o vinho com menor teor de álcool — que será também o menos calórico e aquele que pode incluir na sua dieta — vendido em muitas garrafeiras e alguns supermercados portugueses é o Soalheiro Alvarinho 9%. Tal como o nome indica, tem menos de 10 por cento de volume de álcool. Cada garrafa custa 11,40€.

De acordo com os produtores, “é um Alvarinho com uma doçura diferente do conceito clássico de vinhos doces. Demonstra que os vinhos com baixo teor alcoólico podem ter tanto carácter e elegância como os vinhos com alto teor alcoólico.” Com açúcar residual e acidez viva, o Soalheiro 9% expressa “o potencial do território para produzir vinhos doces naturais sem amadurecimento excessivo, onde os sabores essenciais de fruta e a jovialidade do Alvarinho não se perdem”, acrescentam.

Carregue na galeria para conhecer as bebidas mais calóricas que deve evitar se está em processo de perda de peso.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT