Alimentação Saudável

Dieta do confinamento: o método para emagrecer enquanto se está fechado em casa

O Lockdown Challenge Diet é um sucesso na Internet. Mas será que é um plano seguro?
Vamos revelar tudo.

A pandemia trouxe desafios em todas as áreas, mas foram muitas as pessoas que souberam reinventar-se face ao confinamento. Houve quem criasse marcas de roupa, projetos de take-away e, embora mais improvável, dietas. Não se sabe exatamente como nem quem o fez, mas há um método popular na Internet para emagrecer enquanto está fechado em casa.

Falamos do Lockdown Challenge Diet que, apesar de ter surgido durante o primeiro confinamento, está a tornar-se um sucesso por estes dias. Há variações desta dieta, porém, queremos destacar aquela que consiste num plano alimentar de 14 dias para recuperar a forma.

Neste método privilegia-se o consumo de alimentos ricos em proteína, como aves, ovos, peixe e leguminosas, que vão promover a saciedade ao longo do dia. Além disso, deve ser usado azeite para cozinhar e temperar. Também se privilegia a ingestão de fruta, vegetais (que em conjunto com uma hidratação adequada vão ajudar a prevenir o inchaço) e cereais integrais (promovem o bom funcionamento do trânsito intestinal).

Por outro lado, diz à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, “são eliminados alimentos processados, ricos em açúcar, sal e gordura saturada, já que promovem a retenção de líquidos, o inchaço abdominal e aumento da gordura corporal”.

Para perceber melhor como é na prática, vamos revelar o exemplo de um dia de refeições na dieta do confinamento.

— Pequeno-almoço: Quatro colheres de sopa de iogurte grego + duas colheres de sopa de flocos de aveia + um punhado de frutos vermelhos;

— Snack da manhã: uma maçã e uma colher de sopa de manteiga de amendoim;

O snack a meio da manhã.

— Almoço: batata doce recheada com frango, temperado com uma colher de sopa de iogurte e ervas aromáticas, acompanhado com uma salada verde;

— Snack da tarde: um punhado de frutos secos;

— Jantar: um lombo de bacalhau fresco com salada de tomate e brócolos salteados.

Agora, aquilo que todos queremos saber: é um método seguro para perder peso? Segundo a especialista, que é também autora do blogue “Manias de Uma Dietista”, este plano tem como base os princípios de uma dieta mediterrânea, pelo que é uma opção equilibrada.

O plano é hipocalórico (tendo em conta as necessidades gerais da população), pelo que poderá promover a perda de peso sem prejudicar a saúde. Contudo, relembro que cada plano deve ser adequado às necessidades de cada um”, explica à NiT.

Se fizer uma pesquisa rápida por “Lockdown Challenge Diet”, o mais provável é encontrar outras versões da dieta, como aquela que promete uma perda de cinco quilos em sete dias. Este tipo de dietas não é recomendado pela nutricionista, uma vez que são demasiado restritivas e não promovem novos hábitos alimentares saudáveis.

“Além disso, a perda de peso é feita essencialmente pela perda de líquidos e não de gordura corporal”, alerta Bárbara de Almeida Araújo.

Agora, carregue na galeria para conhecer as dietas de perda de peso mais populares do último ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT