Alimentação Saudável

Ela queixou-se no TikTok por causa de leite estragado — e o Lidl perdeu com estrondo

Jovem britânica criou campanha que forçou a cadeia a mandar recolher um lote de leite de aveia “grumoso e mal-cheiroso”.
A campanha foi bem-sucedida

Quando a jovem de 23 anos abriu o pacote de leite de aveia, percebeu que algo não estava bem. O que devia ser um leite branco, inodoro e líquido, era um leite “grumoso e mal-cheiroso”. Acreditou que poderia tratar-se de um acaso, mas rapidamente percebeu que não ao abrir outros pacotes que apresentavam o mesmo problema. Luna tinha outro problema: havia comprado várias caixas. Sem resposta por parte do Lidl, cadeira onde comprara o leite da marca Just Free, recorreu ao TikTok.

A campanha criada pela jovem acabaria por ser suficiente para obrigar a cadeia alemã a tomar medidas. “É um bom leite e já o uso há anos”, explicou. “Gasto quatro embalagens por semana e tinha comprado uma grande quantidade delas com validade até 2022. mas quando as abri estavam cheias de grumos e o leite cheirava mal.”

A 15 de agosto contactou pela primeira vez os serviços centrais do Lidl para pedir um reembolso. “Nunca me pagaram os 13€, mas explicaram que a equipa de controlo de qualidade estava a analisar o caso. Isto durou imenso tempo, até que me reembolsaram no valor de apenas uma embalagem.”

Na sua cabeça estava não só a preocupação em ver restituído o seu dinheiro, como também certificar-se de que mais ninguém teria que comprar leite estragado, isto porque as embalagens continuavam nas prateleiras dos supermercados.

Os seus vídeos tornaram-se virais no TikTok. Num deles, Luna invade uma loja, abre uma embalagem e despeja-a no chão para mostrar que está efetivamente estragado.

Luna expôs os grumos no interior da embalagem

“Muitas pessoas concordaram comigo e o vídeo teve muitas visualizações. Mas houve quem dissesse que eu não o estava a armazenar da forma correta, que eram apenas grumos de aveia ou que só tinha que agitar o pacote. Por isso continuei a repetir o vídeo para mostrar que tinha razão”, explica a jovem, citada pela “BBC”.

O Lidl sentiu a pressão e acabaria por enviar um reembolso de perto de 60€ em vouchers para reutilizar nas suas lojas. Luna não esmoreceu e continuou a luta — isto porque a cadeia se manteve firme na decisão de não retirar o produto das estantes por não ser “um perigo para a saúde”.

O TikTok de Luna, que entretanto foi eliminado, tornou-se ainda mais viral. A pressão foi tanta que o Lidl cedeu e, no final de outubro, informou que esse lote de leite de aveia seria retirado de circulação.

As autoridades acabariam por investigar o caso, impulsionadas pelos vídeos e reclamações da jovem. Concluíram que apesar dos problemas visíveis, uma análise revelou que o leite de aveia “não constituía qualquer risco para a saúde”.

Ainda assim, o Lidl revelou em comunicado ter removido todas as embalagens dos lotes das suas lojas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT