Alimentação Saudável

Entrou num grupo de emagrecimento no WhatsApp e conseguiu perder 10 quilos

Liliana conta à NiT que a mudança de hábitos a ajudou a melhorar a autoestima e a perder peso — mesmo sem exercício.
Há várias formas de alcançar os objetivos.

Comer tudo o que nos apetecer sem engordar é o sonho de qualquer pessoa. Mas ter essa dádiva genética, não quer dizer que se seja saudável. O verdadeiro desafio está em comer corretamente, ter prazer em cozinhar e em comer alimentos que nos fazem melhor e, mesmo assim, emagrecer. Era isto que Liliana queria para a sua vida, por isso decidiu entrar num grupo emagrecimento online e perdeu dez quilos.

Cansada de olhar para o espelho e não se sentir confortável com a imagem, e depois de já ter experimentado “uma ou outra dieta que não resultava em nada”, Liliana, cujo sobrenome prefere manter em sigilo, embarcou numa nova aventura. A empregada bancária de 41 anos descobriu através do Facebook a página de Sónia Marcelo, autora do blogue “Dicas de Uma Dietista”, e decidiu experimentar um desafio.

“Estava em casa, em teletrabalho desde março, com mais tempo e pensei em fazer algo por mim a nível de alimentação para não estar a comer compulsivamente”, conta à NiT.

Entrou num primeiro grupo cujo desafio era de 21 dias e no final acabou por gostar tanto que decidiu avançar para algo mais ambicioso e entrar no desafio de oito semanas. O conceito é simples: o grupo é formado no WhatsApp e é aí que a nutricionista vai partilhando dicas, receitas, truques para substituir alimentos ou forma de tornar as refeições mais saudáveis. Cada participante partilha também as suas dúvidas e entre todos acaba por criar-se um espírito de união e entre-ajuda que é fundamental para o sucesso.

“Fui percebendo que sem grande esforço já não comia o mesmo tipo de coisas porque ao estarmos todos ligados uns aos outros íamos partilhando o que cada um comia e tínhamos um certo controlo”, explica Liliana.

liliana
O antes e depois da transformação de Liliana

Este foi também um dos motivos que a levaram a embarcar num segundo desafio. Já tinha perdido peso e isso notava-se, sobretudo as diferenças na roupa. “Sabia que se largasse o grupo ali, podia deitar tudo a perder”.

Foi assim que a empregada bancária conseguiu perder cerca de oito quilos de abril a julho e ainda outros dois quilos mais ou menos até setembro, sem qualquer esforço, mantendo apenas aquilo que aprendeu durante os desafios. Mesmo sem praticar qualquer tipo de exercício, embora tenha sido sempre uma pessoa magra e que fazia bastante desporto, as coisas mudaram desde que foi mãe, há alguns meses.

Chamo ao desafio de oito semanas curso porque era quase académico e permitiu-me saber mais a fundo como combinar alimentos, organizar e preparar uma alimentação saudável. Se estiver tudo organizado é mais fácil não cair na tentação e hoje em dia quando cozinho já não faço apenas uma refeição, preparo logo várias”.

Agora, afirma que “cumprir e ver resultados foi motivador” logo no início e que o apoio das outras pessoas acaba por ter um papel muito importante. “Quando regressar à normalidade vou manter este estilo de vida porque já sei organizar-me e cozinhar mais pratos”, acrescenta, pensando já no futuro.

Embora tenha passado a fazer uma alimentação mais saudável, Liliana diz que de vez em quando ainda come um doce ou algo fora da rotina. Curiosamente, sente que esse tipo de alimentos já não lhe caem tão bem nem a satisfazem como antes.

“A comida saudável não é sem sabor, estou sempre sempre à procura de receitas novas porque adoro cozinhar e não é preciso muita gordura ou açúcar para fazer coisas boas”.

Para já, o que ela quer mesmo é fazer o Kit de Natal preparado por Sónia Marcelo. “Sou muito gulosa e tem sido curioso descobrir novas receitas ou mais saudáveis, assim não caio na desgraça”, revela.

Quanto ao exercício, pouco a pouco vai tentando fazer mais, nem que seja uma caminhada por semana: “Talvez precise de um grupo de desafio de exercício também”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT