Alimentação Saudável

Escolher quem se senta ao seu lado no Natal pode ajudar a manter a dieta

O melhor é sentar-se ao lado da pessoa que prefere comer de forma saudável e faz boas escolhas na hora de comer a sobremesa.
Escolher o lugar onde se senta à mesa na noite de Natal pode ser fundamental para não fugir da dieta.

Chega a altura do Natal e começamos já a pensar em como vamos conseguir manter a dieta ou simplesmente comer de forma moderada e saudável — o que parece chatear imenso os avós — durante as noites de consoada e passagem de ano. Não é necessário entrar em pânico, mas há algumas regras de podem ajudar a manter o foco.

Sabia que escolher a pessoa que se senta ao seu lado pode influenciar aquilo que come durante todo o jantar? “Devemos sentar-nos perto de pessoas que estejam a fazer uma alimentação mais regrada”, explica a nutricionista Renata Miguéis à NiT. Normalmente, durante o jantar de família tendemos a sentar-nos perto dos familiares mais próximos ou que têm a mesma idade que nós. No entanto, este ano talvez seja melhor optar por sentar-se junto da pessoa que tem uma alimentação mais parecida com a sua.

Segundo a nutricionista, “já foi comprovado cientificamente que a nossa companhia ao jantar interfere diretamente nas nossas escolhas alimentares e nas quantidades que comemos. Portanto, se estivermos próximos de alguém que come menos, ou que também está a fazer dieta, ou que está a fazer uma alimentação mais saudável, é benéfico para nós” — e é muito melhor do que ficar ao lado de alguém que come tudo e mais alguma coisa.

Mas claro que o assunto não fica resolvido apenas por estar ao pé da pessoa que come menos. Também é importante ter atenção às porções (e à qualidade) das sobremesas que experimenta. “É importante planear as porções antes de se servir. Deve também saber quais são as sobremesas disponíveis para depois fazer uma escolha mais consciente. Na noite de Natal temos sempre uma mesa com muitos doces, mas atenção: não é preciso experimentá-los todos”, diz Renata.

Um truque que também pode funcionar é usar pratos mais pequenos tanto para o jantar principal como para a sobremesa, o que também pode ser uma ajuda na hora de escolher o tamanho das porções. “Preencha sempre o prato com legumes e hortaliças”, vai parecer que tem mais para comer, no entanto, são opções bastante saudáveis e nutritivas.

Parece tentador tirar uma fatia de bolo-rei aqui e uma rabanada acolá, mas se está a tentar fazer uma alimentação mais saudável ou num processo de perda de peso, é melhor não provar todas as sobremesas. A nutricionista aconselha: “Escolha apenas a que gosta mais e na passagem de ano opte por uma outra que também lhe agrade.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT