Alimentação Saudável

Este é o prato gourmet ideal (e delicioso) para fazer no próximo jantar de amigos

O prato italiano é um dos favoritos de quem visita os melhores restaurantes e uma ótima sugestão para os convidados veggie.
Um dos pratos mais cobiçados nos restaurantes.

Já está sem ideias para surpreender os seus convidados com um prato elegante, saboroso e que pareça saído de uma cozinha profissional? Aprenda a fazer este receita relativamente simples, mas com um sabor delicioso. Cremoso e reconfortante é o prato ideal para poder aproveitar os convívios com a família e amigos.

O risotto é uma preparação que requer alguma paciência e existem algumas dicas para que fique perfeito. Para conseguir fazer este prato típico italiano e obter um bom resultado, existem algumas regras a cumprir que têm a ver com a sequência dos ingredientes. Normalmente, quando cozinhamos arroz simples juntamos água, depois o arroz e deixamos cozinhar até toda a água evaporar. No risotto o processo é totalmente diferente: é esse o segredo do maravilhoso sabor.

Esta receita — um risotto de cogumelos vegan (sem nenhum ingrediente de origem animal) — é da autoria de Vânia Ribeiro, do blogue “Made by Choices”, uma versão 100 por cento vegetal e uma comida de conforto perfeita para os próximos dias de chuva.

Do que precisa

Caldo de cogumelos

— 1 litro de água

— 10 gramas de cogumelos desidratados

— 5 raminhos de tomilho fresco

Cogumelos salteados

— 400 gramas de cogumelos frescos

— azeite q.b

— sal q.b

— tomilho fresco q.b

— sumo limão

Risoto de cogumelos

— 1 cebola

— 1 a 2 colher de sopa de azeite

— cogumelos hidratados (do caldo de cogumelos)

— 1 chávena de arroz para risotto

— 125 mililitros de vinho branco

— 1 litro de caldo de cogumelos

— 1 a 2 colheres de sopa de levedura nutricional opcional

— 1 a 2 colheres de sopa de leite de coco (parte cremosa) uso para substituir a manteiga

— sal q.b

— tomilho fresco q.b

O vinho branco é o segredo do risotto.

Como se faz

Caldo de cogumelos

Num tacho, junte a água, os cogumelos desidratados e os ramos de tomilho. Leve ao fogão em lume médio baixo até ferver. Quando a água começar a ferver desligue o lume. Coe os cogumelos e o tomilho e reserve o caldo. Irá usar o caldo para cozinhar o arroz. Descasque o tomilho e pique bem os cogumelos que nesta fase já estão hidratados. Reserve.

Nota: como vai fazer risotto de cogumelos, faz todo o sentido usar cogumelos na base do caldo. Se não tiver cogumelos desidratados pode fazer um caldo de legumes caseiro com outros vegetais (cenoura, cebola, alho, alho francês, cogumelos frescos e ervas aromáticas), deixe ferver e depois coe o caldo.

Cogumelos salteados

Como vai saltear e quer que fiquem bem dourados, não lave os cogumelos. Por isso, para higienizar os cogumelos, limpe-os muito bem com um pano húmido. Corte-os em tiras e reserve. Aqueça muito bem uma frigideira com uma boa dose de azeite.

Quando a frigideira e o azeite estiverem bem quentes junte os cogumelos. É importante que o lume esteja bem alto porque quer saltear os cogumelos e não  deixar que cozinhem na água que naturalmente libertam. Vá mexendo bem para não deixar queimar os cogumelos e quando começarem a dourar tempere-os com sal e tomilho fresco.

Nota: em vez de tomilho também pode usar coentros ou salsa fresca picada. Experimente temperar também os cogumelos um sumo de limão (vão ficar ainda mais saborosos). Reserve.

Risotto de cogumelos

Pique uma cebola. Na mesma frigideira onde salteou os cogumelos aqueça o azeite com a cebola. Deixe saltear até ficar dourada. Junte os cogumelos picados que sobraram do caldo e deixe saltear com a cebola por 1 a 2 minutos. Acrescente o arroz e deixe saltear por 2 a 3 minutos em lume médio.

Junte o vinho branco. Deixe cozinhar (mexendo sempre) até evaporar todo o vinho. Este passo é importante para libertar o amido presente no arroz (é esse amido que torna o arroz cremoso). Encha uma concha de sopa com caldo de cogumelos que fez previamente e junta ao arroz (este caldo deve estar sempre quente para não existirem diferenças de temperatura na cozedura do arroz).

Nesta fase baixe o lume e vá mexendo sempre o arroz até a água evaporar. Quando evaporar junte mais água do caldo e assim sucessivamente — este processo demora algum tempo.

Normalmente, na fase final do risotto é comum juntar um pouco de manteiga para dar cremosidade. Também pode usar 1 a 2 colheres de sopa de leite de coco (a parte cremosa) em vez de manteiga. 

Se gosta de cogumelos, carregue na galeria e aprenda a confecionar outros pratos muito saborosos onde este fungo é o ingrediente principal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT