Alimentação Saudável

Já sabemos quais são os cereais mais saudáveis à venda nos supermercados

A nutricionista Sónia Marcelo revela tudo aquilo que sempre quis saber.
Decore esta lista.

Os cereais ao pequeno-almoço vão ser uma eterna discussão. Se há quem não viva sem eles na primeira refeição da manhã, existe também um enorme grupo de pessoas que reprova completamente esse hábito. A razão é simples: regra geral, são alimentos processados com elevado teor em açúcar, baixo em fibra e de índice glicémico elevado — isto significa que o açúcar é rapidamente absorvido pelo organismo, pelo que terá fome num curto espaço de tempo.

“Se consumirmos uma dose (30 gramas) de cereais logo pela manhã, vamos sentir mais apetite ao longo do dia e, se não conseguirmos logo comer (por uma questão profissional ou outra) vamos aumentando o apetite, o que pode significar uma ingestão voraz ou de alimentos bastante calóricos ao final do dia”, explica à NiT a nutricionista Sónia Marcelo.

Os cereais de pequeno-almoço e granolas comuns têm cerca de 20 gramas de açúcar por 100 gramas. Se ingerirmos 30 gramas, sendo que muitas vezes o consumo é bastante superior, estamos a consumir cerca de um pacote de açúcar. Uma vez que a Organização Mundial da Saúde  recomenda um consumo máximo de 25 gramas de açúcar por dia, facilmente estamos a atingir ou superar esse valor sem darmos por isso. Agora, some isso todos os dias.

O ideal é fazermos os nossos cereais de pequeno-almoço ou granola em casa. Basta juntar flocos de aveia, de espelta, arroz puff, frutos secos partidos ou sementes, um fio de mel levar ao forno ou na frigideira e em 15 minutos temos uma opção saudável, equilibrada e sem aditivos, conservantes, corantes, aromatizantes e excesso de gordura e açúcar”, sugere a especialista.

No entanto, sempre que isso não for possível e acabar no supermercado, existem exceções que pode comprar. 

Segundo Sónia Marcelo, que é também autora do blogue “Dicas de Uma Dietista”, deve optar por cereais com listas de ingredientes curtas; ingredientes naturais e que conheça (evitar listas como demasiados edulcorantes e conservantes); preferir produtos cujos cereais são integrais; uma elevada quantidade de fibra (seis gramas por 100 gramas de produto); e com uma baixa ou moderada quantidade de açúcar, sendo que a especialista não recomenda aqueles que têm mais de 15 gramas desse ingrediente.

Além disso, deve evitar e analisar os produtos em que a palavra açúcar (ou equivalente como melaço, xarope de…, frutose, sacarose…) ou gordura aparecem nos três primeiros ingredientes”. Isto significa que são aqueles que estão em maior quantidade.

A nutricionista alerta, também, que um produto só pode conter a alegação “baixo teor de açúcares” quando não possuir mais do que cinco gramas de açúcares por 100 gramas para os sólidos. Se tiver descrito “fonte de fibra”, isto aplica-se apenas quando tem mais de três gramas por 100 de produto.

Para lhe facilitar a vida, Sónia Marcelo revelou à NiT os cinco cereais à venda no supermercado que apresentam maior equilíbrio nutricional. Contudo, alertou que, tal como todos os alimentos, “o ideal é serem incluídos num plano alimentar saudável e equilibrado, e em quantidades moderadas”.

Agora que já sabe todos os truques, carregue na galeria para descobrir os cereais selecionados.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT