Alimentação Saudável

Gomásio: o substituto para o sal que é a nova tendência do mundo saudável

A NiT e a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo explicam-lhe o que é e como se prepara.
Pode ser feito em casa.

Supermodelos, chefs e muitos curiosos do mundo saudável. Todos eles têm vindo a falar de um nome pouco conhecido nas últimas semanas: gomásio. O que é isto? O substituto do sal mais popular do momento.

Toda a gente sabe que o consumo excessivo de sal pode aumentar o risco de aparecimento, bem como a progressão de diversas doenças, como cancro, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o consumo diário de sal de cozinha não exceda os cinco gramas, ou seja, cerca de uma colher de chá. Em média, os portugueses consomem o dobro.

É por isso que uma das recomendações mais comuns para ser saudável por parte dos especialistas é a redução da utilização de sal no dia a dia. É aí que entram os substitutos. As ervas aromáticas são uma das alternativas mais mencionadas, mais tarde surgiu a salicórnia e agora junta-se à lista o gomásio.

“Ainda pouco usado na cozinha ocidental, o gomásio — também designado por sal de sésamo— pode ser usado para temperar sopas, saladas ou pratos principais”, diz à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo.

Segundo a especialista, esta alternativa consiste numa mistura de sementes de sésamo torradas com sal, sendo que o sabor das sementes acaba por conferir aos pratos um sabor intenso e característico.

“Este sal acaba por ter as propriedades benéficas das sementes de sésamo, ou seja, é rico em fibra, antioxidantes e vitaminas, especialmente a E, do completo B e minerais como ferro, fósforo, cobre, magnésio, cálcio e manganês. É ainda fonte de proteína”, acrescenta.

Pode fazer em casa ou comprar.

A autora do blogue “Manias de Uma Dietista” explica que, além disso, ao usar este sal é possível reduzir a ingestão de sódio e conseguir uma opção nutricionalmente mais rica.

Já é possível encontrar gomásio à venda em locais como as lojas Celeiro, que têm uma versão biológica da naturefoods por 2,85€ (150 gramas). Mas também pode fazer uma versão caseira. Tome nota da receita.

Do que precisa

— Sal não refinado;
— Sementes de sésamo brancas;
— Sementes de sésamo pretas.

Proporção recomendada: quatro colheres de sopa de sementes para uma colher de chá de sal.

Como se faz

Comece por tostar as sementes no forno ou numa frigideira. Assim que começarem a ganhar cor ou a saltar, retire e tenha em atenção que óleo da semente continua a tostar algum tempo depois. Deixe arrefecer as sementes.

Num processador de alimentos coloque as sementes em partes iguais e metade do peso em sal. Triture grosseiramente. Guarde num frasco de vidro, em lugar seco.

Além da redução de sal, há outros quatro truques para conseguir refeições mais saudáveis. Carregue na galeria para saber quais são.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT