Alimentação Saudável

Gostava de arroz de pato mas tornou-se vegetariano? Esta é a receita ideal para si

Nesta versão do prato tipicamente português, o seitan substitui o pato. Os restantes ingredientes vegetais e sabores estão lá.
O pato é substituído por seitan.

O arroz de pato é uma das receitas mais antigas (e tradicionais) de Portugal. Foi cozinhado pela primeira vez no  seminário mais velho do País: o de Braga — mas rapidamente passou do refeitório dos seminaristas às cozinhas minhotas e daí a de muitas outras regiões.

Com o passar dos anos foram-se criando novas abordagens a esta combinação, embora sem que tenham sido introduzidas mudanças extremas. No entanto, o arroz de pato tradicional continua a ser o mais apreciado de norte a sul — e claro que os arquipélagos não ficam de parte. O sucesso e o amor por este prato reflete-se na quantidade de restaurantes e tascas onde o podemos encontrar.

Amores à parte, o vegetarianismo e veganismo têm vindo a conquistar cada vez mais portugueses. Mas deixar de comer animais também implica que teriam de deixar de comer este prato tão intrinsecamente português.

Mas temos boas notícias: caso se tenha tornado vegetariano (ou esteja a pensar fazê-lo) e sente a água a crescer na boca só de pensar em arroz de pato, a NiT tem a receita ideal para si.

Foi criada por Cátia Goarmon ou, como todos a conhecemos, a Tia Cátia, uma das principais caras do 24Kitchen, onde tem o seu próprio programa — “Os segredos da Tia Cátia”.

Do que precisa

— 200 ml de vinho tinto
— 1 cebola reduzida a puré
— 1 dente de alho reduzido a puré
— 250 gramas de seitan
— 1 cebola cortada ao meio
— 1 dente de alho esmagado
— 1 chouriço vegetal
— 1 colher de chá de paprika fumada
— 250 gramas de arroz vaporizado
— 50 ml de vinho do Porto
— Azeite
— Sal q.b.
— Pimenta q.b.

Como se faz

Comece por cortar os 250 gramas de seitan em quadrados. Junte-os ao chouriço vegetal, à cebola cortada ao meio e ao dente de alho num tacho com 500 ml de água, 200 ml de vinho tinto e uma colher de chá de paprika fumada, deixando-os cozer. Quando estiverem no ponto certo, coe o caldo e reserve.

Noutro tacho coloque um fio de azeite, os purés de cebola e de alho e deixe fritar bem — até que fique castanho. Junte o arroz e deixe fritar mais um pouco, acrescentando ainda 50 ml de vinho do Porto, e espere que o álcool evapore. De seguida, tem de verta o caldo que reservou (usando o dobro da medida do arroz) e deixe cozinhar 18 a 20 minutos. Corte metade do chouriço vegetal às rodelas e desfie a outra metade com um garfo. Esfarele também o seitan. Depois junte todo o chouriço  vegetal desfiado e o seitan esfarelado ao arroz e coloque numa travessa, enfeitando-a com rodelas do mesmo. Leve ao forno a 180 graus por 15 minutos e está pronto a servir.

Ser saudável (ou perder peso) não é sinónimo de nos privarmos dos alimentos de que mais gostamos. E muito menos de passar fome. Carregue na galeria e descubra outras oito refeições principais (e com poucas calorias) que pode fazer em casa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT