Alimentação Saudável

Junte as sobras de bacalhau e faça uns deliciosos pastéis saudáveis (no forno)

Pode não haver sobras suficientes para a roupa velha, mas dá sempre para uns bolinhos de bacalhau.
Vai fazer lembrar as avós.

Se há coisa que nos faz lembrar as avós são as coisas maravilhosas que costumavam cozinhar para nós. Sabiam sempre as melhores receitas, as mais saborosas e tradicionais, como os pastéis de bacalhau. O Natal é a altura perfeita para recriar esta iguaria, que já se comia nas tascas e petiscarias há muitos anos. Mas claro, convêm sempre fazer uma receita saudável para recuperar dos estragos da ceia.

“Nesta altura, lembro-me sempre dos pastéis de bacalhau da minha avó Valentina que eram os melhores do mundo e nunca falhavam na nossa mesa de Natal”, conta a nutricionista Lillian Barros à NiT. 

Aquilo que poderá ser diferente do tradicional é a batata doce. Esta versão, da autora do blogue “Santa Melancia”, pode ser feita com bacalhau cozido ou ainda melhor: aproveitando as sobras de bacalhau da ceia.

Do que precisa

— 400 gramas de bacalhau cozido

— 300 gramas de batata doce assada

— 3 ou 4 ovos

— 2 cebolas picadas

— 1 mão cheia de salsa fresca

— 2 colheres de sopa de azeite virgem extra

— 1 pitada de pimenta preta

Opcional: espinafres baby ou beterraba cozida

Como se faz

Desfiar o bacalhau num recipiente. Picar as cebolas e colocar numa frigideira com o azeite em lume brando. Deixar alourar, mexendo regularmente.

Cozer as batatas doces. Retirar o excesso de água e reduzi-las a puré. Temperar com uma pitada de pimenta preta. Juntar a cebola, o bacalhau desfiado e o puré de batata doce e preparar uma pasta homogénea.

À parte picar a salsa e juntar ao preparado. Moldar os pastéis com a ajuda de 2 colheres.

Levar ao forno pré aquecido a 180-200°C durante 15 a 20 minutos. Deixar arrefecer e estão prontos.

Carregue na galeria para descobrir mais três receitas de Lillian Barros para preparar com as sobras da ceia de Natal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT