Alimentação Saudável

Nutricionista revela a forma mais saudável de cozinhar (e amiga da dieta)

Sónia Marcelo, autora do blogue “Dicas de Uma Dietista”, disse tudo à NiT.
Para colocar já em prática.

“Somos o que comemos” é uma frase que faz todo o sentido para a nutricionista Sónia Marcelo. Na realidade, devia fazer para qualquer pessoa. O impacto de comermos apenas alimentos naturais ou apenas produtos processados vai refletir-se de forma diferente no nosso pesoa, na saúde da nossa pele e até o no cabelo.

Para a especialista, que é autora do blogue “Dicas de Uma Dietista”, cozinhar é um ato de amor para nós mesmos e para aqueles que vivem connosco. É por isso que ao cozinhar privilegia alimentos naturais e de época, já que têm maior teor de vitaminas e minerais, ervas aromáticas e azeite como gordura.

“É essencial planearmos o que vamos fazer e elaborar a ementa da semana para que todos os alimentos e condimentos necessários estejam em casa. E é muito importante que tenhamos tempo para realizar esta tarefa”, diz à NiT, acrescentando que se deve, quando possível, incluir a família no processo.

No fundo, com os alimentos e métodos de confeção certos, “conseguimos comer refeições saudáveis, equilibradas e cheias de cor e sabor”, garante. No que diz respeito aos métodos, a nutricionista revela os três que mais usa em casa.

 

1. Cozer. Segundo Sónia Marcelo, a melhor forma de cozinhar é cozer a vapor, uma vez que evita desperdícios de vitaminas (principalmente hidrossolúveis) para a água da cozedura. “Experimente colocar ervas aromáticas na água para dar um sabor diferente aos alimentos. Se cozer os alimentos na água, use uma pequena quantidade e aproveite-a para sopas ou caldos”, aconselha.

2. Assar. “Assar não é fazer refogados primeiro e encher o tabuleiro de gordura. Para este método deve-se usar uma quantidade moderada de azeite e fazer marinadas para que os alimentos ganhem sabor”, explica. Pode fazê-lo com limão, ervas aromáticas e especiarias, vinho e cerveja. Há mais uma coisa que pode fazer: retirar a pele da carne, nomeadamente frango e peru, já que é onde se concentra a maior quantidade de gordura.

3. Estufar. “Adoro este método. É rápido e saboroso. Consiste em colocar todos os ingredientes ao mesmo tempo na panela e tapá-la. Por exemplo, o azeite (cerca de uma colher de sobremesa por refeição e por pessoa), cebola, alho, legumes, a carne ou peixe e um pouco de água ou vinho branco, e deixar cozer em lume brando”, explica. Neste caso, os nutrientes que passarem para o líquido serão aproveitados no molho. Deve também abusar dos legumes, de forma a evitar colocar mais gordura, e das ervas aromáticas para garantir o melhor sabor.

A nutricionista revela também à NiT os cinco alimentos obrigatórios para ter em casa se quiser começar a ser mais saudável. Carregue na galeria para saber quais são.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT