Alimentação Saudável

O truque para manter o corpo mais jovem e saudável (e atrasar o envelhecimento)

O novo livro da nutricionista Mafalda Rodrigues de Almeida, chamado “Revitalizar”, é obrigatório para mudar de vida.
É o terceiro livro da autora.

Não há nenhuma fórmula secreta para travar o envelhecimento. No entanto, de uma coisa pode ter a certeza: as escolhas que faz todos os dias podem antecipá-lo ou retardá-lo. O processo de envelhecimento tem tanto de natural como de inevitável, mas a nutricionista Mafalda Rodrigues de Almeida criou uma espécie de guia para revitalizar o corpo e mantê-lo o mais jovem e saudável possível.

“Queremos viver com qualidade, sentirmo-nos bem, ter auto-estima mas, por todos os problemas de saúde que temos visto incidirem sobre os nossos avós e pais, acho que estamos cada vez mais despertos também para a importância da qualidade de vida a longo prazo”, diz à NiT a especialista como justificação do tema para o seu terceiro livro, “Revitalizar”, que chegou às livrarias em janeiro deste ano.

É ali que Mafalda, 30 anos, explica a importância do sono, do exercício físico, da genética, das toxinas, dos desequilíbrios hormonais ou do stress para controlar o envelhecimento. 

“Revitalizar”, garante, funciona dos nove aos 90 anos. “Escolhi esta palavra porque poderia servir para quem estivesse a passar por uma fase em que não se sentisse bem e quisesse realmente mudar de estilo de vida, criar novos hábitos alimentares, reduzir o stress, etc… Revitalizar no fundo”, revela a autora do blogue NiT “Loveat”.

Mafalda explica-nos que tem a sorte de ter pacientes e seguidores que não se focam em números, nem em metas a curto prazo. Isto fá-la sentir que está a atrair até si as pessoas que acreditam no que defende e que estão cansadas de metas pequenas e dietas rápidas.

“Não só trabalho com os meus pacientes para aprenderem a alimentar-se de forma equilibrada, percebendo quando podem abusar e quando devem reequilibrar, como tento abordar a nutrição com eles de forma holística para melhorar a qualidade de vida no geral e melhorar todos os seus parâmetros de saúde, seja o colesterol ou a glicérica”, continua.

O novo livro da Edições Chá das cinco está dividido em três capítulos: como é que o nosso corpo envelhece; como prevenir o envelhecimento; e alimentação anti-envelhecimento.

Sobre a alimentação, a nutricionista dá o exemplo de cinco regiões no mundo com populações que batem recordes de longevidade, as chamadas zonas azuis. São elas Okinawa (Japão), Nicoya (Costa Rica), Sardenha (Itália), Loma Linda (Estados Unidos) e Icária (Grécia). Apesar de todas elas terem culturas e formas de se alimentarem diferentes, os pontos em comum, garante, são visíveis.

“Em todas estas regiões a alimentação tem por base produtos vegetais frescos locais, o consumo de carne é muito reduzido e praticamente não se consomem produtos processados, sobretudo ricos em açúcar e gorduras saturadas. Além disso, o consumo calórico é bastante moderado, servindo apenas para satisfazer as necessidades diárias”, esclarece.

Resumindo, os habitantes destas zonas são fisicamente ativos no dia a dia. Não propriamente por praticarem uma hora de exercício físico mas porque o seu estilo de vida obriga a algum nível de atividade. “A vida calma e com pouco stress impera em todas estas regiões. Os habitantes vivem em comunidade com bons circuitos sociais e sofrem de pouco ou nenhum isolamento”, acrescenta Mafalda Rodrigues de Almeida.

A especialista reforça que este livro não procura a forma mágica para parar o envelhecimento, já que é um processo natural e irá ocorrer sempre. No entanto, quer mostrar que é possível envelhecer com qualidade, a um ritmo relativamente lento. 

“O stress com que vivemos, a rapidez de tudo à nossa volta, o automatismo das escolhas, o processamento dos alimentos, a falta de tempo, as preocupações, o excesso de peso, tudo isto nos faz acelerar o processo de envelhecimento. A taxa de envelhecimento está intrinsecamente ligada aos nossos comportamentos diários. Por isso, podemos dizer que temos um controlo quase absoluto sobre a forma como escolhemos envelhecer.”

A alimentação é uma das grandes chaves para ter esse controlo, daí ter incluído dezenas de receitas no seu livro (16,92€). Crepes de banana e espinafres com manteiga de amêndoa, filetes de dourada no forno com gengibre, esparregado e pesto de avelã e tostas de amêndoa e chia são as suas favoritas.

Carregue na galeria para tomar nota destas três receitas e outras duas que pode encontrar neste guia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT